Porta-voz do Barcelona despista sobre contratação do atacante Neymar

Freixa se negou a confirmar que o clube catalão está negociando a contratação do craque do Santos



O porta-voz do Barcelona, Toni Freixa, foi bombardeado com perguntas sobre a possível contratação do atacante Neymar em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira após se reunir com a direção do clube para falar sobre o planejamento para a próxima temporada.

Freixa se negou a confirmar que o clube catalão está negociando a contratação do craque do Santos, mas pediu tranquilidade à torcida, prometendo um time competitivo.

"O clube tem bem claras as contratações e as baixas, se é que acontecerão. Mas não direi quais são elas. E se falássemos de altas, não diria qual seria a primeira", declarou o porta-voz, já respondendo sobre a possível chegada de Neymar.

Toni Freixa também evitou falar de valores que serão investidos em reforços, porque isso, segundo ele, atrapalharia o clube nas negociações. "Se contamos que temos interesse em um jogador, esse jogador fica mais caro. E se dissesse que sei o quanto Neymar vale, estaria admitindo que estamos negociando para contratá-lo. E isso eu não vou fazer", despistou.

"Todos podem ficar tranquilos, por que estamos trabalhando, e trabalhando bem. O planejamento é ótimo, e na próxima temporada o Barça terá a melhor equipe possível para lutar pelo título de todas as competições, como vem acontecendo ultimamente", completou.

Freixa também foi perguntado sobre o futuro de alguns jogadores do elenco atual. A respeito do goleiro Victor Valdés, que anunciou a intenção de não renovar contrato ao final da próxima temporada, o porta-voz preferiu não entrar em detalhes e apenas elogiou o jogador.

"Seu rendimento tem sido absolutamente extraordinário e, até o fim do contrato, é nosso goleiro", limitou-se a dizer.

Quanto ao zagueiro e lateral Eric Abidal, que permaneceu um ano afastado dos gramados por cerca de um ano após um transplante de fígado devido a um câncer, Freixa disse que o francês já tem em mãos uma proposta para continuar no Barcelona.

"Os fatos demonstram que sensibilidade o clube sempre teve, não só neste caso. E neste caso, teve o contrato suspenso e imediatamente retomado quando o jogador recebeu alta. O Barça foi absolutamente compreensivo nesse sentido, e o jogador sabe disso", considerou

Fonte: Terra