Barcos brilha, Palmeiras decide no 1º tempo e assume segundo lugar

Com o resultado, válido pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, os alviverdes reassumiram a vice-liderança

O Palmeiras mostrou nesta quarta-feira, e com muita categoria, que tem outras alternativas além de Marcos Assunção para balançar às redes. Sem o camisa 20, suspenso, o time do técnico Luiz Felipe Scolari foi a Lins e venceu o Linense por 3 a 1, com três gols no primeiro tempo - entre eles, mais um do argentino Barcos, que demonstrou muita categoria no lance.

Com o resultado, válido pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, os alviverdes reassumiram a vice-liderança da competição com 25 pontos - o Santos, que venceu o Guarani, assumiu o terceiro lugar com 24, contra 22 do rival campineiro. O Linense, que segue com 15, se afastou do G-8.

Logo aos 2min do primeiro tempo, o Palmeiras abriu o placar em cobrança de falta, gerando ainda alguma desconfiança na torcida: Maikon Leite cobrou, e o atacante Wellington desviou contra, tirando as chances do goleiro Douglas. O 1 a 0 deu tranquilidade aos palmeirenses, mas não ajudou o time a ter tranquilidade para criar jogadas.

Mesmo assim, o Palmeiras conseguiu fazer 2 a 0, em jogada muito plástica de Hernán Barcos. Aos 32min, o argentino disparou pelo centro, deu um drible da vaca no zagueiro e tocou por cobertura ¿ a bola passou por cima de Douglas e tocou no travessão antes de quicar dentro do gol.

E não demorou muito para que o time de Luiz Felipe Scolari fizesse o terceiro. Três minutos depois, o lateral Juninho recebeu na esquerda, esperou a entrada de Daniel Carvalho na área e cruzou; o meia subiu sozinho em meio à desatenta zaga do Linense e cabeceou com precisão.

Em ampla e prematura desvantagem, o Linense promoveu duas trocas em busca da reação: saíram Ademir Sopa e Rhayner e entraram Éder e Chimba. No entanto, quem quase chegou ao gol foi novamente o Palmeiras: aos 45min, Daniel Carvalho cobrou falta por cima do travessão.

E se alguém esperava que o placar fosse acomodar o Palmeiras no início do segundo tempo, se enganou. Aos 3min, Maikon Leite disparou e se enroscou com o zagueiro - o árbitro parou o lance e marcou falta de ataque. Aos 16min, Barcos tabelou com Márcio Araújo e caiu na área, mas a arbitragem mandou o lance seguir.

Acuado, o Linense aproveitou um posterior relaxamento do Palmeiras e passou a pressionar em busca do primeiro gol. Primeiro, aos 27min, Éder bateu falta da entrada da área e obrigou Deola a fazer uma ótima defesa. Depois, aos 28min, André Luiz invadiu a área pela direita, passou por João Vitor e bateu para, enfim, conseguir balançar as redes. Aos 38min, Barcos teve nova chance, mas foi travado na hora do chute.

Na última chance, Maikon Leite tabelou com Patrik e chutou, mas para fora. Agora, os dois times voltam agora a entrar em campo no fim de semana, quando disputam a 12ª rodada do Campeonato Paulista. No sábado, o Linense visita o Ituano no Estádio Novelli Júnior às 16h; no dia seguinte, o Palmeiras hospeda o São Caetano, também às 16h (horários de Brasília).

Ficha técnica

LINENSE 1 X 3 PALMEIRAS

Gols

LINENSE: André Luiz, aos 28min do segundo tempo

PALMEIRAS: Maikon Leite, aos 2min do primeiro tempo; Barcos, aos 32min do primeiro tempo; Daniel Carvalho, aos 35min

LINENSE: Douglas; Marcelo Pé, Anderson, Pablo e Alexandre Silva; Ademir Sopa (Éder), Makelele, Elias e Lenilson; Rhayner (Chimba) e Wellington (André Luiz)

Treinador: Pintado

PALMEIRAS: Deola; Arthur (Cicinho), Leandro Amaro (Román), Henrique e Juninho; Chico, Márcio Araújo, João Vitor e Daniel Carvalho (Patrik); Maikon Leite e Barcos

Treinador: Luiz Felipe Scolari

Cartões amarelos

LINENSE: Pablo, Alexandre Silva e Elias

PALMEIRAS: Leandro Amaro, Márcio Araújo, Patrik e Arthur

Árbitro

Fabio de Jesus Volpato Mendes (SP)

Local

Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins (SP)


Barcos brilha, Palmeiras decide no 1º tempo e assume 2º lugar

Fonte: Terra