Barrichello deve definir futuro na Williams até o final do mês

"A verdade é que vivo um momento de sossego", comentou Rubinho.

Apesar de não ter contrato para a temporada que vem, Rubens Barrichello disse que poucas vezes em sua carreira esteve tão tranquilo quanto agora.



"A verdade é que vivo um momento de sossego. O que busco ainda é um carro competitivo, que me dê condições de lutar pelo campeonato outra vez. Não estou aqui para fazer número. Mas deixo nas mãos do destino com um sorriso na fase e espero para ver o que vai acontecer", disse o piloto brasileiro em Nurburgring nesta quinta-feira.

"Não sofro mais como antigamente. Acho que a experiência me fez isso", completou Barrichello, na Williams há dois anos.

Mas apesar de deixar a definição de seu futuro "nas mãos do destino", Barrichello irá se reunir com os chefes da Williams neste final de semana e no próximo, quando acontece o GP da Hungria, para tentar definir sua continuidade na equipe inglesa.

"Estou super tranquilo e pronto para continuar no time. A chegada dos motores Renault no ano que vem deve ser boa para o carro e me parece que a equipe estará muito mais bem estruturada em 2012 do que esteve nos dois últimos anos. Queria muito colocar as mãos no carro do ano que vem", disse o brasileiro.

Fonte: Folha.com