Filtragem da água está sem funcionar há 10 anos

Varios produtos como detergentes, oléo diesel são jogados no rio

Os sistemas de filtragem de água, instalados à margem do rio Parnaíba, na Avenida Maranhão, estão sem funcionar há mais de 10 anos, por falta de manutenção. E os lavadores de carro da área estão sendo obrigados a despejar os detergentes, oléo diesel e água suja, diretamente, no rio.

Os filtros quebrados, denunciados pelo vereador Inácio Carvalho, foram resultados da ação das fortes chuvas e também por atos de vandalismo e foram furtados da estrutura os canos e ferros. Para Inácio Carvalho, os filtros evitariam a poluição e morte do rio.

“Caso estivessem funcionando, esses sistemas de filtragem evitariam que os detergentes e demais produtos utilizados pelos lavadores fossem jogados diretamente no rio, evitando o aumento dos índices de poluição no Parnaíba e, futuramente, a morte do rio”, alerta.

Já os lavadores de carros, que necessitam tirar o sustento através da atividade, veem-se de mãos atadas diante dessa situação e garantem que não podem deixar de trabalhar. “A prefeitura deveria ajudar mais no nosso trabalho, realizando a manutenção desses filtros. Inclusive, ela deixou de fazer a manutenção desde 2004, a gente mesmo que fazia a manutenção. Até que desistimos”, destaca Antônio Almeida, lavador de carro.

O lavador de carro Winston Júnior afirma que os produtos utilizados na lavagem são produtos não poluentes, porém, espera que a prefeitura tome as devidas providências. “Apesar de a gente usar produtos neutros, esperamos que a prefeitura dê um jeito nesses filtros quebrados por falta de manutenção deles mesmos”.

Winston Júnior revela que o problema se estende ao lixo despejado nas margens do rio Parnaíba, por não ter espaço definido para colocá-lo. “Outro pedido que temos, é que a prefeitura implante cestos de ferro chumbados no chão para colocarmos o lixo. Porque muito desse lixo aqui é dos clientes, que não têm espaço certo para despejar”.

O lavador desabafa ainda que os lavadores de carro só recebem críticas da sociedade em geral. “As pessoas só sabem criticar. Estamos aqui trabalhando com dignidade. Quem que vai querer prejudicar a natureza, se é ela quem ajuda a gente?”, questiona.

Em nota, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU/Centro Norte) afirma que tomará as devidas providências quanto aos sistemas de filtragem da água. Segundo o coordenador da região, Marcelo Mourão, a prefeitura vai construir 10 novos filtros junto à calçada. A obra está em fase de elaboração do orçamento.

Fonte: Virgínia Santos e Márcia Gabriele