Bayern sai na frente do Lyon na semi

O reencontro entre Bayern de Munique e Lyon, no Estádio Gerland, será na próxima terça-feira, dia 27

Autor dos gols decisivos das últimas duas fases de mata-mata, Arjen Robben voltou a brilhar na Liga dos Campeões. O holandês fez o único na vitória do Bayern de Munique por 1 a 0 sobre o Olympique Lyon, nesta quarta-feira, na Allianz Arena.

Com seus gols, Robben já havia eliminado a Fiorentina e o Manchester United. Em partida complicada e marcada por duas expulsões, especialmente a de Franck Ribéry, o jogador holandês dá grande vantagem para o Bayern de Munique tentar o quinto título de sua história na Liga dos Campeões.

Pela outra semifinal, a Inter de Milão saiu na frente do Barcelona, na terça-feira, vencendo por 3 a 1 em território italiano.

Na Allianz Arena, a primeira parte da etapa inicial foi de pressão por parte do Bayern de Munique e de muito esforço na marcação do lado do Lyon. Os alemães só assustaram, de fato, em jogada de bola parada e em lance individual de Ribery aos 17min, que driblou e bateu para fora.

O francês voltou a aparecer aos 36min, mas de forma negativa: afobado, Ribery entrou duro em Lisandro Lopez e foi mais cedo para o chuveiro, expulso pelo árbitro italiano Roberto Rosetti. Com o clima tenso e inferioridade numérica, o Bayern ainda foi ameaçado pelo Lyon aos 42min: Källström chutou de fora com muita violência e o goleiro Butt fez defesa providencial.

Na volta do intervalo, coube a Toulalan e uma criticada decisão de Roberto Rosetti o retorno da superioridade do Bayern. O volante da seleção francesa, já com cartão amarelo, foi expulso após uma dividida no meio-campo.

Com 10 contra 10, o Bayern de Munique tomou conta da partida. O gol, que amadurecia após oportunidades desperdiçadas por Robben, Schweinsteiger e Mario Gómez, enfim aconteceu aos 23min.

Saiu dos pés do holandês Arjen Robben, grande nome dos alemães na competição: de fora da área, ele cortou um marcador e chutou firme de pé esquerdo. Hugo Lloris não teve chances, já que a bola desviou levemente na cabeça de Thomas Müller.

O reencontro entre Bayern de Munique e Lyon, no Estádio Gerland, será na próxima terça-feira, dia 27. Para os alemães jogarem a final, basta um empate ou até uma derrota por um gol de diferença no caso de um gol anotado.

Foi assim, pelo gol marcado como visitante, que o time de Robben despachou a Fiorentina nas oitavas e o Manchester United nas quartas.



Fonte: Terra, www.terra.com.br