Beckham já rendeu R$ 3,1 bilhões em venda de material esportivo na vida

Segundo o diário, o PSG espera ganhar 15 milhões de libras (R$ 46,6 milhões) com Beckham até o final do compromisso.

O jornal inglês "Daily Mail" fez as contas e chegou a um número de quanto David Beckham já rendeu aos clubes com a venda de material esportivo com seu nome: 1 bilhão de libras (R$ 3,1 bilhões). O próximo a lucrar com o meia é o Paris Saint-Germain, que assinou contrato com o atleta de 37 anos até junho de 2013.

Segundo o diário, o PSG espera ganhar 15 milhões de libras (R$ 46,6 milhões) com Beckham até o final do compromisso. Nos primeiros dias do meia em Paris, o clube diz ter vendido "centenas" de camisas com o número 32 nas costas. A expectativa da diretoria é receber encomendas grandes também da Inglaterra (terra natal do meia), Estados Unidos (onde ele defendeu o Los Angeles Galaxy) e Qatar (país que investe dinheiro no PSG).

Antes de chegar ao PSG, Beckham atuou por Manchester United, Preston North End, Real Madrid, Galaxy e Milan. Além de camisas, o jogador fatura também com a venda de chuteiras e outros materiais esportivos. Segundo o presidente da MLS (liga americana), o clube de Los Angeles comercializou 300 mil camisas do astro em cinco anos.

Patrocinadora pessoal do inglês, a Adidas estima já ter vendido 10 milhões de camisas de Beckham, de acordo com o "Daily Mail", durante os 20 anos da carreira do meia, o que rendeu 950 milhões de libras (R$ 2,9 bilhões). Incluindo as chuteiras "Predator", a conta chega a 1 bilhão de libras (R$ 3,1 bilhões).

Na apresentação no PSG, Beckham afirmou que doará todo seu salário para uma instuição de caridade em Paris que cuide de crianças. Mas dinheiro não é problema para a estrela: sua empresa, Footwork Productions, garantiu em 2011 um pagamento de 13,3 milhões de libras (R$ 41,3 milhões) ao jogador. Entre 2002 e 2009, Beckham ganhou 75 milhões de libras (R$ 233 milhões) apenas da sua empresa.

Fonte: Globo Esporte