Belfort desabafa e revela que quer recuperar desejo pelo esporte

Vitor Belfort foi à sua conta do Instagram fazer um desabafo.

Depois de amargar a segunda derrota seguida nas últimas três lutas, Vitor Belfort foi à sua conta do Instagram fazer um desabafo, no qual diz que não está se reconhecendo dentro do octógono e que fará o que for possível para voltar a ter as performances memoráveis que já desempenhou.

"Quem não conhecesse os seus erros não é digno de liderar a si mesmo, quanto mais as pessoas que o cercam.
 Reconheço que não sou perfeito, sou somente humano, um ser humano. O poeta já escreveu: "que o amor seja eterno enquanto dure". Esse é um belíssimo trecho de um poema, porém eu o considero ingênuo. Com todo carinho e respeito ao poeta, peço permissão para reescrevê-lo da seguinte maneira: "QUE O AMOR SEJA ETERNO ENQUANTO SEJA CULTIVADO. Confesso que preciso cultivar meu desejo pela competição dentro do octógono. Sei que tenho que zelar por aquela chama que sempre ardeu em mim. Tendo conhecimento pleno disso: DECIDI QUE CUSTE O QUE CUSTAR VOU REACENDER MAIS UMA VEZ ESSA CHAMA. Muito obrigado pelo carinho e apoio. Vou finalizar esse capítulo na minha vida, olhando no espelho e reconhecendo a mim mesmo", escreveu o brasileiro, ao lado de uma foto sua treinando.

Aos 36 anos, Belfort tem uma das carreiras mais bem-sucedidas do esporte, sendo reconhecido mundialmente. Em seu cartel profissional, tem 25 vitórias e 13 derrotas e já enfrentou alguns dos maiores nomes do esporte como Randy Couture, Kazushi Sakuraba, Chuck Liddell, Wanderlei Silva, Dan Henderson e Anderson Silva, entre outros.

O brasileiro  conquistou o cinturão dos meio-pesados do UFC em 2004, mas foi também o lutador mais jovem a se tornar campeão do Ultimate, aos 19 anos. Apesar disso, a organização não reconhece o feito oficialmente porque, na época, o torneio tinha outro formato.

Publicação de Vitor Belfort (Crédito: Reprodução)
Publicação de Vitor Belfort (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Sport TV