Belfort pede luta contra Weidman para definir próximo rival de Silva

Belfort pede luta contra Weidman para definir próximo rival de Silva

Carioca esclarece declarações do americano Alan Belcher e conta que pediu para enfrentar Weidman no UFC Rio III, em outubro

Vitor Belfort se manifestou sobre as declarações de Alan Belcher. O americano afirmou no Twitter, na noite dessa segunda-feira, que o carioca não teria concordado em enfrentá-lo no Rio de Janeiro. Vitor esclareceu que não recusou a luta, mas que pediu ao UFC para ter Chris Weidman como adversário no evento de 13 de outubro. E aproveitou para fazer campanha para que esse combate sirva para definir o próximo adversário de Anderson Silva, valendo o cinturão dos médios.

- Pessoal, falei com o Joe Silva (casador de lutas do UFC) e pedi a ele para lutar contra o desafiante top, Weidman, aqui no Brasil. Acho que essa é a luta que vai me credenciar para a disputa de cinturão. Foi isso o que aconteceu. Quero o cinturão, mas não estou desesperado. Acho que o Weidman é o próximo desafiante, mas o Anderson Silva merece ver quem será o próximo. Então, vamos fazer essa luta pelo posto de próximo desafiante acontecer: Belfort x Weidman, o próximo rival de Anderson Silva - escreveu na mesma rede social.

Vitor Belfort teria ou Alan Belcher ou Chris Weidman como oponente no UFC Rio III. Um pouco antes de recorrer ao Twitter nesta terça, o lutador conversou com a reportagem por telefone e disse que não teria problemas em enfrentar Belcher, desde que a vitória sobre ele o leve direto para uma nova oportunidade contra o Spider, para quem perdeu em 2011:

- Quero lutar com quem é melhor ranqueado. Quero uma luta que me credencie para o título. Se o Belcher me credenciar, bota ele, mas tem que me credenciar mesmo. Agora que o Lombard e o Muñoz estão fora, todo mundo sabe que eu sou o cara para lutar contra o Anderson. Esses outros caras não têm história. O Belcher estava há um ano parado, voltou contra o Toquinho e já quer lutar pelo cinturão. Não é que eu não queira lutar com ele, é um cara duro, muito bom, mas quero lutar pelo título. Agora o maior credenciado é o Weidman, então acho justo eu enfrentá-lo. Os fãs querem me ver contra o Anderson, para isso tenho que fazer uma luta que me credencie.

Belcher, de 28 anos, tem 18 vitórias e seis derrotas na carreira (9-4 no UFC). Ele vem de quatro triunfos consecutivos, o último deles sobre o brasileiro Rousimar Toquinho por nocaute técnico, em maio. Já Weidman, da mesma idade, tem nove vitórias em nove lutas realizadas até hoje (5-0 no UFC). Seus feitos mais notáveis foram os dois últimos triunfos no Ultimate, sobre o também brasileiro Demian Maia (por decisão dos jurados) e, no início deste mês, um nocaute dominante para cima de Mark Muñoz.


Belfort pede luta contra Weidman para definir próximo rival de Spider

Alan Belcher e Chris Weidman: quem será o rival de Belfort no Rio de Janeiro? (Foto: Getty Images)

Fonte: G1