Bernardinho muda time, e Brasil volta a vencer a Venezuela

O resultado foi o mesmo do jogo anterior: 3 sets a 0 (25/20, 25/22 e 25/15) diante da Venezuela

Com a equipe titular definida para as finais da Liga Mundial, Bernardinho deu ritmo para os reservas neste domingo, no Mineirinho. O resultado foi o mesmo do jogo anterior: 3 sets a 0 (25/20, 25/22 e 25/15) diante da Venezuela.

O maior pontuador brasileiro foi Thiago Alves, que atuou por dois sets e terminou com dez acertos. Na partida, porém, quem mais pontuou foi o venezuelano Luís Diaz, com 19.

A seleção entrou em quadra com o time principal quase completo - a exceção foi Éder, que entrou no lugar de Lucão - e dominou desde o primeiro ponto, vencendo a primeira parcial sem sustos.

Como o Brasil já estava classificado para as finais da Liga Mundial e o jogo apenas cumpria a tabela da fase de classificação, Bernardinho deu descanso para a maioria dos titulares no segundo set. Rodrigão e Serginho seguiram em quadra, mas ao lado de Éder, Thiago Alves, Rivaldo, João Paulo e o levantador Marlon. A parcial foi a mais equilibrada, e os visitantes lideraram até pouco antes do segundo tempo técnico. Graças a uma sequência de excelentes saques de Thiago Alves, o Brasil virou, abriu 19/15, e não deixou mais a Venezuela encostar.

Lucão começou o terceiro set no lugar de Rodrigão, e Bernardinho ainda promoveu a entrada de Leonardo. Desmotivados, os venezuelanos foram presa ainda mais fácil na última parcial.

A fase final da Liga Mundial será disputada em Belgrado (Sérvia), na próxima semana (22 a 26 de julho). EUA, Sérvia, Argentina, Cuba, e Rússia são as outras seleções classificadas.

Fonte: GloboEsporte