BMW anuncia que vai deixar Fórmula 1

Mario Theissen, diretor esportivo da BMW, expressou sua compreensão pela decisão empresarial e se comprometeu a

A BMW confirmou na manhã desta quarta-feira que deixará a Fórmula 1 após a temporada de 2009. A notícia foi confirmada na coletiva de imprensa organizada pela empresa, em Munique, na Alemanha. Norbert Reithofer, presidente da BMW, disse que a decisão foi difícil.

- Claro que essa foi uma decisão difícil para nós, mas é um passo firme para o realinhamento estratégico da nossa companhia ? disse.

Mario Theissen, diretor esportivo da BMW, expressou sua compreensão pela decisão empresarial e se comprometeu a "concentrar todos os esforços" em continuar lutando até o final da temporada para que a montadora se despeça da Fórmula 1 com "bons resultados".

A BMW estreou como escuderia na Fórmula 1 no início da temporada de 2006, e desde então participou de 63 grandes prêmios, com uma vitória de Kubica no Canadá, em 2008, e 16 pódios. O polonês também conquistou a única pole position da curta história da equipe, no Barein, também em 2008.

Em 2006, a BMW foi a quinta colocada no Mundial de Construtores e foi a vice-campeã em 2007, atrás da McLaren. No ano seguinte, foi a terceira colocada.

Atualmente, a escuderia ocupa o oitavo lugar no Mundial de Construtores, com oito pontos em dez provas. No Mundial de Pilotos, Heidfeld é o 13º, com seis pontos, e Kubica, o 15º, com dois

A BMW é a segunda escuderia a deixar a categoria em oito meses, já que a Honda fez o mesmo em dezembro de 2008. Vale lembrar que a equipe foi uma das que assinou o acordo com a FIA sobre sua permanência na Fórmula 1 até 2012

As informações são do site ?Autosport?.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com