Bola de Ouro da Fifa deve consagrar Messi como o melhor do mundo pela quarta vez

Bola de Ouro da Fifa deve consagrar Messi como o melhor do mundo pela quarta vez

A cerimônia de entrega está marcada para as 16 horas (horário de Brasília).

A Fifa realiza nesta segunda-feira em Zurique, na Suíça, a Festa de Gala da entidade em que será dado o prêmio de melhor jogador do mundo de 2012. E, mais uma vez, a grande estrela do show é o argentino Lionel Messi. O camisa 10 do Barcelona pode confirmar uma hegemonia nunca antes vista no futebol mundial.

Dono de três prêmios de melhor jogador do mundo, o argentino é o favorito para levar o troféu pela quarta vez e deixar Ronaldo e Zinedine Zidane para trás. A cerimônia de entrega está marcada para as 16 horas (horário de Brasília).

Messi disputa a honraria neste ano com o seu eterno rival de premiações, o português Cristiano Ronaldo, vencedor em 2008, e com seu companheiro de Barcelona Andrés Iniesta. Enquanto os dois primeiros brilharam individualmente em 2012, o meia espanhol foi o único a ganhar um título de grande expressão.

Junto com a Espanha, Iniesta foi campeão da Eurocopa e ainda eleito o melhor jogador da competição disputada na Polônia e na Ucrânia.

Já Messi fracassou com o Barcelona no Campeonato Espanhol, vencido pelo Real Madrid de Cristiano Ronaldo, e na Liga dos Campeões, mas terminou 2012 como o jogador com mais gols em um ano na história, balançando as redes 91 vezes. Ronaldo conquistou o título nacional, mas também não levou a sua equipe ao título europeu e teve seus gols ofuscados pelo brilho do argentino.

O favoritismo de Messi é tamanho que não está confirmada a presença de Cristiano Ronaldo na festa em Zurique.

Quem também pode brilhar mais uma vez é o atacante Neymar. Fora da briga como melhor jogador do mundo ? ele ficou entre os 23 melhores -, o craque santista pode faturar pelo segundo ano seguido o prêmio Puskas, que escolhe o gol mais bonito do ano.

Neymar, que venceu em 2011, tem como adversários o colombiano Falcao Garcia, do Atlético de Madri, e o eslovaco Miroslav Stoch, do Fenerbahce. A "obra de arte" do santista que está na disputa foi marcada na partida contra o Internacional, pela Copa Libertadores, em março de 2012.

O Brasil também estará representado no prêmio de melhor jogadora do ano de 2012, novamente com a atacante Marta. Cinco vezes dona do título, entre 2006 e 2010, a brasileira perdeu o posto no ano passado para a japonesa Sawa e agora tenta retomar o título, mesmo que tenha tido uma temporada frustrante com a seleção brasileira ? eliminada nas quartas de final dos Jogos de Londres. As norte-americanas Abby Wanbach e Alex Morgan são as concorrentes.

Entre os treinadores, uma ausência importante está confirmada. O português José Mourinho não irá a Zurique acompanhar a premiação do melhor técnico de 2012. Pep Guardiola (ex-Barcelona) e Vicente del Bosque (técnico da Espanha) são os concorrentes à honraria, que será entregue por Luiz Felipe Scolari.

Fonte: UOL