Bola de Ouro: Neymar tem rivais de peso para sonhar com 3° lugar

Comentaristas apontam Iniesta, Falcao García e Xavi como os maiores candidatos a completarem o pódio ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo

Neymar embarca na América do Sul e desembarca na Europa. Entra em campo, é destaque. Volta ao Brasil, joga de novo. E faz golaços. Essas cenas se repetiram em 2012. Entre os compromissos com a seleção brasileira e o dever com o Santos, o craque se desdobrou como pôde para, aos 20 anos, ser pela segunda vez indicado ao prêmio da Bola de Ouro da Fifa. Eleito o 10º melhor do último ano e presente na lista dos 23 nomes divulgados pela entidade, ele sabe, porém, que sua aptidão física e enorme qualidade técnica não são os fatores determinante para já sonhar com um pódio ao lado de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.


Bola de Ouro: Neymar tem rivais de peso para sonhar com terceiro lugar

Aparentemente fora de realidade para o brasileiro na atualidade, o terceiro lugar tem outros candidatos de peso.

Ouvimos quatro comentaristas após a relação enviada pela entidade em conjunto com a revista "France Football". Até o próximo dia 29 de novembro, quando uma votação reduzirá os concorrentes a três, em São Paulo, os nomes de Iniesta, Xavi, Falcao García, entre outros, seguirão protagonizando debates em mesas redondas mundo afora.

Alex Escobar e Caio Ribeiro, da TV Globo, e Lédio Carmona e Raphael Rezende, do SporTV, ajudam a entender quais chances tem o único brasileiro representado na lista e por que a dinastia de Messi e Cristiano Ronaldo deverá continuar. Eles só não chegaram a um consenso quanto ao posto de terceiro melhor.

Os três melhores do mundo para os comentaristas:

Lédio Carmona :1) Messi; 2) Cristiano Ronaldo; 3) Falcao García

Raphael Rezende: 1) Messi; 2) Cristiano Ronaldo; 3) Iniesta

Caio Ribeiro: 1) Cristiano Ronaldo; 2) Messi; 3) Iniesta

Alex Escobar: 1) Messi; 2) Cristiano Ronaldo; 3) Xavi

- Acho que ainda não veremos o Neymar entre os três. Ele ficou devendo nas Olimpíadas, jogou muito abaixo do que se esperava dele. O Santos também não teve um ano legal, e isso contribui. E mais: não sei se a Europa já vê o Neymar com a genialidade que a gente vê. Acho que ainda o enxergam como uma promessa, e não esse craque - opinou Alex Escobar, que escolheu o meio-campista Xavi, do Barcelona, para completar o trio com o argentino e o português.


Bola de Ouro: Neymar tem rivais de peso para sonhar com terceiro lugar

A visão de Lédio Carmona sobre Neymar não é lá muito diferente. O comentarista, porém, acredita que Neymar deve figurar no top-10 e, dessa forma, ao menos repetir sua colocação final em 2011, quando recebeu 1,12% dos votos (Xavi, o terceiro na ocasião, levou 9,23%). Se não conquistou a Taça Libertadores e sequer disputará o Mundial de Clubes, os 50 gols em 60 jogos por Santos e seleção brasileira no ano falam por si só.

- Acho que fica entre os dez, sim. Não foi um ano tão rico, mas um ano que midiaticamente apareceu mais. Estão falando mais de Neymar, há um barulho em torno dele. E isso acaba fazendo alguma diferença. Acho até que seja merecido, pois ele já é um dos melhores do mundo tecnicamente. Vai estar onde merece. Mas, entre os três, só indo para a Europa. Se quando ganhou a Libertadores sendo o melhor jogador ele já não conseguiu, não vai repercutir mais do que isso. Daqui a pouco ele terá de dar esse salto e escolher onde vai jogar: no Barcelona ou no Real Madrid - disse Lédio Carmona.

Fonte: GloboEsporte.com