Bomba ameaça sorteio da Copa

O esquadrão antibombas da policia sul-africana foi acionado e proibiu o acesso ao centro durante mais de uma hora

Um objeto suspeito, que parecia ser uma lente fotográfica, provocou o fechamento do Centro de Imprensa no Centro de Convenções da Cidade do Cabo, nesta sexta-feira, pouco antes do sorteio dos grupos da Copa do Mundo. O esquadrão antibombas da policia sul-africana foi acionado e proibiu o acesso ao centro durante mais de uma hora. Os jornalistas que estavam no interior do prédio não podiam sair. E quem estava fora não conseguia entrar.

Às 12h locais (8h de Brasília), o secretário de comunicação do Comitê Organizador, Jermaine Craig, não sabia dizer o que estava acontecendo:

- Me dê um momento, me dê um momento.

Dois membros do esquadrão antibombas sul-africano entraram no Centro, isolaram uma área de 200 metros e, usando cães farejadores, colheram um objeto suspeito. Às 13h16, um dos membros do esquadrão levou um objeto preto no interior de um saco plástico para fora do prédio. O outro membro anunciou:

- A situação está resolvida. Em breve haverá um pronunciamento oficial.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com