Borges brilha em estreia, e Santos bate Avaí com facilidade

O outro gol santista foi marcado pelo jovem Rychely, já nos acréscimos.



Foram apenas sete minutos de bola rolando até o estreante Borges deixar sua marca pela primeira vez com a camisa do Santos. Com um gol no início de cada tempo, o camisa 9 foi fundamental para a vitória alvinegra por 3 a 1 neste domingo, contra o Avaí, na Vila Belmiro - a primeira dos comandados de Muricy Ramalho no Campeonato Brasileiro.

O outro gol santista foi marcado pelo jovem Rychely, já nos acréscimos. Os catarinenses, que descontaram no final com Maurício Alves, somam três derrotas em três rodadas na competição.

Com quatro pontos ganhos, o Santos tentará embalar na próxima rodada contra o Cruzeiro, fora de casa. Já o time de Silas busca seus primeiros pontos na Ressacada, diante do América-MG. As duas partidas acontecem no próximo sábado.

Na partida deste domingo, o time paulista foi bastante superior durante todo o confronto, dominando a posse de bola, enquanto o Avaí só foi testar o goleiro Rafael no final do segundo tempo. O Santos recuou no final e permitiu um gol do time visitante, mas praticamente não teve a vitória ameaçada na partida.

O jogo

Com os desfalques de Elano e Neymar, que servem à Seleção Brasileira, além de Ganso, lesionado, Muricy Ramalho armou o Santos com um losango no meio de campo: Adriano como cabeça de área, Arouca e Danilo logo à frente, e Alan Patrick na armação. No ataque, Zé Eduardo e o estreante Borges. Já Silas escalou seu 3-6-1 habitual, com os meias Marquinhos Gabriel e Estrada tentando encostar no centroavante William.

O time alvinegro começou pressionando a saída de bola adversária e abriu o placar logo no início, sem dar chances ao Avaí. Alan Patrick cobrou escanteio aos 7min, Zé Eduardo escorou de cabeça e Borges só completou para as redes, estreando da melhor forma possível com a camisa santista. Melhor no jogo, a equipe anfitriã ameaçou novamente aos 13min, mas o chute de Zé Eduardo acertou a rede pelo lado de fora.

Acuada na defesa, a equipe catarinense tentava lançamentos longos para William quando recuperava a posse, mas o centroavante não conseguia segurar a bola e não dava tempo para o restante do time se aproximar. O Santos tinha domínio total da partida, mas esbarrava na marcação forte do time visitante, que colocava nove jogadores atrás da linha da bola.

Silas voltou com Robinho no lugar de Marquinhos Gabriel para o segundo tempo, mas o Avaí não alterou sua formação nem sua estratégia - continuou a se defender no próprio campo e tentar o contra-ataque com passes longos. E assim como na primeira etapa, o Santos balançou a rede logo no início, de novo com Borges: após cobrança de falta de Alan Patrick, Marcinho Guerreiro deixou a bola passar e o estreante se esticou para marcar pela segunda vez na noite.

O padrão de jogo não se alterou e, aos 14min, Silas fez duas trocas diretas, sem mudar a formação: William deu lugar a Fábio Santos na frente, e Maurício Alves entrou no lugar de Estrada. Com a partida amarrada no meio de campo, o Santos só foi criar outra chance aos 26min, quando Alan Patrick tabelou com Roger, avançou pelo meio e chutou por cima do travessão.

O Avaí aos poucos passou a avançar o time e tentar pressionar a saída de bola da equipe alvinegra, mas o Santos conseguia sair tocando e continuou melhor no jogo. Aos 32min, Arouca arrancou pelo meio, driblou a marcação e acertou chute forte na trave; no rebote, Borges fez acrobacia para desviar para o gol, mas Aleks se esticou e impediu o terceiro gol do camisa 9.

Muricy resolveu fechar de vez o time colocando o zagueiro Bruno Aguiar na vaga de Alan Patrick, mesmo com o Avaí não ameaçando o gol de Rafael. Aos 38min, o goleiro santista fez sua primeira defesa na partida, após chute de longe de Julinho. E já aos 45min, os visitantes diminuíram: George Lucas cruzou bem para a área e Maurício Alves se antecipou à zaga para desviar.

Ainda deu tempo de Rychely, que havia substituído Zé Eduardo, marcar o terceiro do Santos. Aos 48min, ele recebeu lançamento certeiro de Arouca e tocou na saída do goleiro Aleks.

FICHA TÉCNICA

Santos 3 x 1 Avaí

Gols

Santos: Borges, aos 7min do 1º tempo e aos 6min do 2º tempo; Rychely, aos 48min do 2º tempo

Avaí: Maurício Alves, aos 45min do 2º tempo

Santos

Rafael; Pará, Bruno Rodrigo, Durval e Alex Sandro; Arouca, Adriano e Danilo (Roger); Alan Patrick (Bruno Aguiar); Zé Eduardo (Rychely) e Borges. Técnico: Muricy Ramalho

Avaí

Aleks; Cássio, Gustavo Bastos e Bruno; George Lucas, Marcinho Guerreiro, Fabiano e Julinho; Marquinhos Gabriel (Robinho) e Estrada (Maurício Alves); William (Fábio Santos). Técnico: Silas

Cartões amarelos

Santos: Roger

Avaí: Gustavo Bastos e Marcinho Guerreiro

Árbitro

José de Caldas Souza (DF)

Local

Vila Belmiro, Santos (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br