Bota vira contra São Paulo com três de Herrera

Bota vira contra São Paulo com três de Herrera

O atacante argentino saiu do banco de reservas e substituiu Loco Abreu na volta para o segundo tempo

O Botafogo sofreu, esteve duas vezes atrás do marcador, mas conseguiu se livrar de uma amarga sequência de derrotas nesta primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Com três gols de Herrera e mais um de Vitor Junior, o time alvinegro voltou a comemorar uma vitória depois de três resultados amargos e derrotou o São Paulo por 4 a 2, de virada, no Engenhão.

O atacante argentino saiu do banco de reservas e substituiu Loco Abreu na volta para o segundo tempo para comandar a virada botafoguense. Além dos três gols de Herrera, o Botafogo ainda contou com outro ex-corintiano para consolidar o triunfo sobre o São Paulo: o meia Vitor Júnior. Os paulistas, por sua vez, marcaram com Jadson e Luís Fabiano. Os botafoguenses chegaram à partida perseguidos por três derrotas consideráveis: duas para o Fluminense, pela decisão do Campeonato Carioca, e uma para o Vitória, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O São Paulo começou muito bem a partida no Engenhão e rapidamente passou a dominar o adversário. Não demorou 7min para a primeira grande chance ser criada pelos tricolores, com uma arrancada de Luís Fabiano: o atacante entrou na área com perigo, mas, na hora de finalizar, foi travado. A resposta anfitriã foi imediata, com Vitor Júnior batendo com força após puxar contragolpe e errando por pouco o alvo de Denis.

Mas uma jogada individual de Lucas inaugurou o marcador no Rio de Janeiro: Lucas pedalou pela esquerda e bateu para o meio da área. Jadson girou e chutou com força, tirando do alcance de Jéfferson e colocando os visitantes em vantagem logo aos 11min.

O gol animou os são-paulinos, que continuaram bem na partida e tiveram pelo menos duas boas oportunidades para aumentar - uma com Cortez, finalizando para fora aos 26min, e depois com Lucas, que teve uma cabeçada perigosa defendida por Jéfferson.

No segundo tempo, porém, o Botafogo voltou com muito mais disposição e também com uma mudança no ataque: Herrera entrou na vaga do uruguaio Loco Abreu. E o argentino demorou apenas 4min para deixar tudo igual, cabeceando praticamente livre após cruzamento da direita.

O Botafogo quase virou dois minutos depois, mas Denis realizou duas grandes defesas em sequência após finalizações de Herrera e depois de Márcio Azevedo. O São Paulo acordou rápido e Luís Fabiano quase marcou aos 8min, mas Jéfferson fez uma difícil defesa à queima-roupa.

O camisa 9 tricolor, porém, contou com um pouco de sorte para marcar aos 16min do segundo tempo. Jadson levantou da esquerda e Luís Fabiano cabeceou sem muita direção, mas a bola desviou em Brinner e traiu Jéfferson. Mas a vantagem dos paulistas não durou muito: Herrera voltou a empatar aos 22min, cobrando pênalti cometido por Paulo Miranda.

Empolgado, o Botafogo foi para frente e pouco tempo depois conseguiu a virada com Vitor Júnior, que cobrou falta de muito longe. A bola bateu em Cícero e enganou Denis, vendido no lance, que apenas olhou a bola entrar e consolidar a virada carioca aos 27min. O placar ficou ainda maior aos 32min: Maicon tentou sair jogando no campo de defesa, mas se atrapalhou e foi desarmado para Fellype Gabriel. A bola sobrou para Herrera, livre, fazer o quarto e fechar a contagem aos 32min. Antes do apito final, o técnico Oswaldo de Oliveira foi expulso após reclamações com o assistente Roberto Braatz.

O Botafogo só retorna a campo no próximo final de semana, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro: no domingo, o time alvinegro vai ao Paraná enfrentar o Coritiba, no Estádio Couto Pereira. Os paulistas, por sua vez, terão a oportunidade de jogar em casa no mesmo dia, diante do Bahia. Os dois confrontos estão marcados para as 16h (de Brasília).

Mas o São Paulo tem um compromisso mais importante no meio de semana. Na quarta-feira, o time tricolor encara o Goiás no Estádio Serra Dourada pela segunda perna das quartas de final da Copa do Brasil. Os pupilos de Leão, que venceram o jogo de ida no Morumbi por 2 a 0, poderão perder por um gol de diferença ou por dois (se marque pelo menos uma vez na casa do rival) para avançar no torneio.

Ficha técnica

BOTAFOGO 4 x 2 SÃO PAULO

Gols

BOTAFOGO:

Herrera, aos 4min, aos 22min e aos 32min do 2º tempo; Vitor Júnior, aos 27min do 2º tempo

SÃO PAULO:

Jadson, aos 11min do 1º tempo; Luís Fabiano, aos 16min do 2º tempo

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Fábio Ferreira, Brinner e Márcio Azevedo; Renato, Jadson, Maicosuel, Fellype Gabriel (Lucas Zen) e Vitor Júnior (Gabriel); Loco Abreu (Herrera)

Treinador: Oswaldo de Oliveira

SÃO PAULO: Denis; Douglas, Rhodolfo, Paulo Miranda e Cortez; Denilson, Casemiro (Maicon), Cícero, Jadson (Fernandinho) e Lucas; Luís Fabiano

Treinador: Emerson Leão

Cartões amarelos

SÃO PAULO: Paulo Miranda, Luís Fabiano

Árbitro

Sandro Meira Ricci

Local

Estádio Olímpico João Havelange, no Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra