Botafogo aceita Valdívia na negociação envolvendo Márcio Azevedo com Verdão

Segundo fontes ligadas ao Botafogo, o Palmeiras já teria oferecido R$ 1,5 milhão e o valor teria sido recusado.

Não é segredo para ninguém que o Palmeiras tem interessa na contratação de Márcio Azevedo.

O Botafogo faz jogo duro, dificulta as negociações, mas sabe que tem somente 50% dos direitos econômicos do atleta. Um dos patrocinadores do Palmeiras, o banco BMG, é dono da outra metade.

Segundo fontes ligadas ao Botafogo, o Palmeiras já teria oferecido R$ 1,5 milhão e o valor teria sido recusado.

Mas a negociação pode evoluir e ser facilitada desde que Valdívia seja incluído na transação.

Com a saída de Loco Abreu, o nome de Valdívia voltou a ganhar força nos bastidores

O namoro é antigo. Em 2011, Valdívia recebeu uma proposta oficial do Botafogo, agradeceu, mas preferiu continuar em São Paulo.

Elkeson, hoje no futebol da China, foi cotado no Palmeiras no fim do ano passado e o alvinegro novamente sugeriu Valdívia na troca.

O lateral-esquerdo Márcio Azevedo é titular, mas a chegada de Julio Cesar deixa claro que o Botafogo está preparado para uma eventual saída do atleta. Lima, contratado ao Internacional no ano passado, também segue no elenco.

A diferença é que Marcio Azevedo ganha cerca de R$ 100 mil e o chileno custaria quase 5 vezes mais aos cofres do Botafogo.

Valdívia já não é unanimidade no Palmeiras e perdeu prestígio junto aos torcedores, dirigentes e comissão técnica.

O Botafogo pretende se aproveitar dessa situação e da possível chegada de Riquelme.

Os dirigentes cariocas não se iludem, sabem que o valor de mercado de Valdívia é muito superior, mas a idéia é contar com o chileno, mesmo que seja por empréstimo.

Fonte: UOL