Botafogo bate Portuguesa no Engenhão: 3 a 0

Botafogo bate Portuguesa no Engenhão: 3 a 0

Bruno Mendes abriu o placar para o Botafogo contra a Portuguesa

O Botafogo venceu a portuguesa por 3 a 0, neste sábado, no Estádio do Engenhão, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, e aumentou o drama na situação do clube do Canindé no Campeonato Brasileiro. O resultado dá esperanças ao Palmeiras, rival do time paulista na luta contra a zona de rebaixamento à Série B.

Com o resultado, o Botafogo ainda sonha com a classificação à Libertadores, pois chegou a 54 pontos, com cinco a menos que o São Paulo (que enfrenta o Grêmio, no domingo). A Portuguesa, por sua vez, ficou com 40 pontos, seis à frente do Sport (17º colocado) e sete a mais que o Palmeiras (18º) - ambas as equipes ainda não jogaram pela 35ª rodada.

Depois d dez minutos de jogo truncado, o Botafogo abriu o placar, aos 11min, com Bruno Mendes. Fellype Gabriel tentou passe pelo meio, a bola desviou na zaga e sobrou para o atacante na entrada da área. O jovem talento alvinegro teve facilidade para chutar na saída de Dida marcar seu sexto gol em seis jogos.

Depois de um primeiro tempo tranqüilo, com os jogadores da Portuguesa mais nervosos, errando bastante, o segundo tempo começou com superioridade do Botafogo. Logo aos 3min, Márcio Azevedo cruzou pelo lado esquerdo e Bruno Mendes completou para as redes, mas a arbitragem assinalou impedimento de maneira equivocada.

A situação da Portuguesa piorou mais ainda a partir dos 20min da segunda etapa, depois que Marcelo Cordeiro fez falta em Fellype Gabriel e levou o cartão amarelo. Depois da advertência, o lateral xingou o assistente e acabou expulso de campo.

Com um atleta a mais, o Botafogo logo ampliou a vantagem. Aos 22min, Renato cobrou falta da meia esquerda e Fellype Gabriel escorou para trás, acertando o canto esquerdo do goleiro Dida, que não conseguiu alcançar a bola.

O clube alvinegro ainda desperdiçou uma chance de ampliar, aos 37min. Andrezinho fez bela jogada individual, driblou dois adversários em velocidade, invadiu a área e foi derrubado por Dida. Na cobrança, o meia mesmo cobrou, buscou o canto esquerdo, mas Dida espalmou para fora da área.

No entanto, Vitor Junior redimiu o erro do colega e marcou o terceiro gol do Botafogo. O meia recebeu de Bruno Mendes e chutou no canto direito de Dida para definir o marcador.

Fonte: Terra, www.terra.com.br