Botafogo e Fla empatam clássico; Loco provoca R10

Botafogo e Fla empatam clássico; Loco provoca R10

Botafogo e Flamengo empataram por 1 a 1 o clássico carioca deste domingo, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro no Engenhão

Botafogo e Flamengo empataram por 1 a 1 o clássico carioca deste domingo, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro no Engenhão. Enquanto o time rubro-negro seguiu mergulhado no péssimo momento no torneio nacional, os alvinegros comemoraram a permanência na zona de classificação para a Copa Libertadores da América do ano que vem graças ao uruguaio Loco Abreu, autor do gol botafoguense e responsável por "imitar" a comemoração recente do astro flamenguista Ronaldinho.

Melhor no primeiro tempo, o Botafogo viu o carismático atacante abrir o placar de cabeça aos 25min e celebrar o gol com os braços cruzados, estático na área, lembrando a coreografia dos gols recentes de Ronaldinho. O Flamengo só igualou no segundo tempo, com o talismã Jael aos 4min.

O empate deste domingo aumentou a péssima sequência flamenguista no Brasileiro. Sem vencer desde que bateu o Coritiba por 1 a 0 em 6 de agosto, a equipe rubro-negra já acumula nove partidas de jejum na competição, com quatro empates e cinco derrotas.

O Fla, que chegou a liderar o Brasileiro, chegou neste domingo aos 37 pontos ganhos, mas agora tem a sexta colocação da tabela sob risco. Os pupilos de Luxemburgo podem ainda ser ultrapassados pelo Internacional, que tem 35 e que recebe no Beira-Rio o Coritiba. Já o Botafogo garantiu a permanência no G-4, com 41 pontos no quarto lugar. Se tivesse segurado a vantagem, poderia ter ultrapassado o Corinthians e ficado em terceiro.

Ronaldinho levantou a torcida no Engenhão com apenas com apenas três minutos de jogo, quando invadiu a grande área botafoguense e se atirou na área. Os flamenguistas pediram pênalti, mas nada foi assinalado e o time alvinegro cresceu em campo, levando bastante perigo à meta defendida por Felipe.

O camisa 1 do Fla fez sua primeira grande intervenção aos 10min, defendendo uma bela cobrança de falta de Felipe Menezes. Quatro minutos depois, se posicionou bem para espalmar uma bicicleta de Herrera da meia-lua. Maicosuel também arriscou de fora da área aos 15min e teve seu chute defendido.

A pressão do Botafogo continuou até que mais uma falha da defesa do Flamengo resultou no primeiro gol da partida, aos 25min. Lucas cruzou da direita para o meio da área, Alex Silva demorou demais para se posicionar e Loco Abreu subiu mais alto, cabeceando firme para o gol. Na comemoração, o irreverente uruguaio cruzou os braços e ficou estático na área, em coreografia semelhante à de Ronaldinho.

O domínio alvinegro prosseguiu no primeiro tempo, e o Flamengo só conseguiu ser um pouco mais perigoso aos 37min, em um chute de Thiago Neves para fora. O time rubro-negro, contudo, se recuperou depois do intervalo, voltou com Jael no lugar de Deivid e viu o atacante ¿talismã¿ igualar o marcador logo aos 4min: ele recebeu de Léo Moura na proximidade da área, passou por Fábio Ferreira e Antônio Carlos com extrema facilidade e finalizou de canhota, na saída de Jefferson.

O empate deu moral para o Flamengo, que quase virou dois minutos depois com um chute de Ronaldinho defendido por Jefferson. O Botafogo só conseguiu se recuperar e voltar a ser perigoso aos 17min, quando Cortês acionou Abreu na área, mas o chute de primeira do uruguaio passou por cima do travessão de Felipe.

Em um segundo tempo de poucas emoções no gramado do Engenhão, o Flamengo ainda conseguiu criar mais uma ótima oportunidade, mas Jefferson garantiu o empate para o Botafogo. O goleiro fez uma defesa incrível em um chute forte de Renato Abreu na entrada da área aos 23min. Felipe também salvou o Flamengo aos 39min, em cabeçada precisa de Fábio Ferreira.

Os dois rivais cariocas agora terão compromissos fora de casa no meio de semana, pela 25ª etapa da competição nacional. Na quarta-feira, o Flamengo vai a Minas Gerais enfrentar o Atlético-MG, que vive um momento delicado e integra a zona de rebaixamento. Um dia depois, o Botafogo mede forças em Porto Alegre com o Grêmio, que foi goleado por 4 a 0 pelo Vasco neste sábado.

Fonte: Terra, www.terra.com.br