Botafogo perde para Chapecoense e fica 'virtualmente' rebaixado

Fazendo uma péssima partida, a equipe permaneceu com 33 pontos e vê o Palmeiras - primeira equipe fora da zona de rebaixamento - seis pontos à frente. Já a Chape chega aos 42 pontos e fica muito próxi

Se não vencer os dois jogos que faltam e torcer contra pelo menos três adversários, o Botafogo estará na Série B do Campeonato Brasileiro em 2015. É com essa pressão que o Alvinegro carioca fecha a partida contra a Chapecoense, em Chapecó, pela 36ª rodada da competição. A partida acabou em 2 a 0 para os donos da casa, com dois gols do atacante Leandro, ambos na segunda etapa.

Fazendo uma péssima partida, a equipe permaneceu com 33 pontos e vê o Palmeiras - primeira equipe fora da zona de rebaixamento - seis pontos à frente. Já a Chape chega aos 42 pontos e fica muito próxima de garantir a permanência na Série A.

Na próxima rodada, a Chapecoense terá pela frente o campeão Cruzeiro, na Arena Condá, no domingo. O Botafogo entra em campo no mesmo dia, contra o Santos, na Vila Belmiro.

O JOGO

O Botafogo começou melhor a partida na Arena Condá. Com uma marcação forte, os alvinegros tiveram a primeira boa chance aos oito minutos. Em contra-ataque, Gabriel veio da intermediária, entrou na área, mas demorou para chutar. Quando o fez, foi bloqueado pela zaga da Chapecoense. O lance assustou os donos da casa, que responderam aos 11. Tiago Luís fez jogada individual, mas chutou a direita do gol de Jefferson.

Com o tempo, a Chapecoense melhorou a marcação e passou a ter mais posse de bola. No entanto, as duas equipes tinham dificuldade na criação de boas jogadas. Com isso, as defesas impediam qualquer lance de perigo do adversário.

Somente aos 40 minutos, os catarinenses assustaram o Botafogo. Após cobrança de falta na área, Rafael Lima cabeceou por cima do travessão de Jefferson. O lance animou os donos da casa, que chegaram com perigo novamente dois minutos depois. Camilo arriscou de fora da área, mas viu o goleiro botafoguense fazer boa defesa. A pressão só aumentou e aos 43, Jefferson salvou mais uma vez o Botafogo. Assim, o duelo foi para o intervalo sem alteração no placar.

No segundo tempo, a Chapecoense voltou mais ligada e conseguiu abrir o placar aos cinco minutos. Bruno Silva fez boa jogada e cruzou para Leandro finalizar para a rede. Mesmo depois do gol, os donos da casa permaneceram melhores em campo e buscando o ataque. A Chapecoense foi premiada com o gol aos 17 minutos. Leandro recebeu passe na área e acertou belo chute, sem chance para Jefferson.

Com a vantagem no placar, a Chapecoense diminuiu um pouco o ritmo, mas permanecia com o controle da partida. Os catarinenses quase fizeram o terceiro aos 23 minutos. Camilo recebeu na área, passou por André Bahia, mas chutou para fora. Na parte final da partida, o Botafogo ainda tentou diminuir o prejuízo, mas sem qualquer organização. Com isso, a Chapecoense apenas passou a administrar o resultado até o apito final.

Fonte: Gazeta Esportiva