Botafogo supera crise e vence o Ipatinga por 3 a 0 em Minas no Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Botafogo se mantém na sexta posição com 49 pontos, a seis do Flamengo

A turbul?ncia que abalou o Botafogo desde o in?cio da semana esteve presente at? poucos minutos antes da partida contra o Ipatinga. Mas foi s? o time entrar em campo que os problemas ficaram para tr?s, e a equipe fez o seu papel, vencendo por 3 a 0 em Minais Gerais, pela 31? rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Botafogo se mant?m na sexta posi??o com 49 pontos, a seis do Flamengo, quarto colocado. Com isso, o Alvinegro segue na esperan?a de chegar ao G-4 e terminar a competi??o na zona de classifica??o para a Libertadores de 2009. O Ipatinga permanece na lanterna com 28 pontos.

Como se n?o bastassem a troca de palavras entre o dirigente Carlos Augusto Montenegro e jogadores desde a derrota por 2 a 0 para o Estudiantes, na ?ltima ter?a-feira, o s?bado come?ou com a not?cia de que o atacante argentino Z?rate preferiu n?o viajar para Ipatinga por sentir-se emocionalmente abalado com o atraso de sal?rios. Mas em campo, os jogadores do Botafogo refor?aram o clima de uni?o, e isso se refletiu na atua??o da equipe.

Com um calor de 35 graus em Ipatinga, as duas equipes come?ara a partida em ritmo lento, optando mais pelo toque de bola e menos pela correria. O time da casa tinha mais a iniciativa do ataque, mas antes que pudesse assustar, o Botafogo marcou seu primeiro gol. Leandro Guerreiro recebeu a bola na intermedi?ria, avan?ou e acertou um belo chute sem chances para o goleiro Fernando, aos 11 minutos. Na comemora??o, todos os jogadores se abra?aram, ressaltando o esp?rito de uni?o para vencer a crise interna.

O Ipatinga n?o se abateu com a desvantagem e continuou atacando o Botafogo. Foi ent?o que Renan come?ou a brilhar. Substituto de Castillo, que n?o atuou por causa de les?o no joelho direito, o goleiro de 19 anos fez sua primeira boa defesa aos 13 minutos, quando Ade?lson chutou de dentro da grande ?rea, e ele impediu o empate usando o p? direito.

Aos 19, novamente Ade?lson exigiu outra boa defesa de Renan, depois de receber cruzamento da direita e cabecear no canto, e o goleiro alvinegro se esticou para espalmar. Mas foi o Botafogo que mostrou efici?ncia, aproveitando a nova oportunidade aos 21 minutos. Ap?s cobran?a de escanteio de Carlos Alberto e uma defesa parcial de Fernando, Beto tirou de cabe?a para o meio da ?rea. Diguinho ficou com o rebote e teve a tranq?ilidade para limpar a marca??o e tocar no canto esquerdo, fazendo 2 a 0.

Fonte: Terra, www.terra.com.br