Botafogo vence Flamengo e se isola na liderança do campeonato

O Botafogo ganhou com um placar de 1 a 0


O domingo foi de comemoração no Rio de Janeiro, que completou 450 anos. No Maracanã, torcedores de Botafogo e Flamengo fizeram uma bela festa. Mas, no fim, foi o Alvinegro que colocou a cereja no bolo e teve ainda mais motivos para festejar. Com gol de Tomas - a bola bateu na trave e nas costas de Paulo Victor antes de parar no fundo da rede, aos 37 minutos do segundo tempo -, o time de General Severiano selou a vitória por 1 a 0. Com o resultado, o time se isolou na liderança do Campeonato Carioca, com 19 pontos.

O Rubro-Negro, com 14, caiu para a 4 ª colocação. Caso o Fluminense vença o Resende, ainda neste domingo, ultrapassará o Fla. O Rubro-Negro volta a campo sábado, quando enfrentará o Friburguense, no Maracanã. Já o Alvinegro terá um novo clássico pela frente, domingo, com o Fluminense.

O Flamengo, que teve Léo Moura em seu último jogo oficial pelo clube, começou com maior volume de jogo, buscando o ataque, mas sem conseguir finalizar com perigo. Na primeira chance, Gabriel chutou na rede pelo lado de fora. O Botafogo tinha dificuldade para articular as jogadas e, por vezes, se viu preso no setor defensivo. Jefferson apareceu bem quando o Rubro-Negro conseguiu chegar. Marcelo Cirino foi a principal alternativa do time de Vanderlei Luxemburgo. Já o Alvinegro conseguiu equilibrar as ações a partir dos 30 minutos, melhorou com a entrada de Sassá na vaga de Diego Jardel, teve finalizações, mas o primeiro tempo terminou sem gol, porém, com o Fla superior.

O segundo tempo começou movimentado. O Flamengo logo chegou ao ataque; o Botafogo respondeu bem, mas Paulo Victor evitou o gol. Na arquibancada, torcidas animadas. Aos 25, Diego Giaretta cabeceou para trás e quase fez contra. Jefferson, sempre seguro, evitou. Mas, no ataque, o Alvinegro foi mais objetivo e chegou perto de fazer 1 a 0, com bela cobrança de falta de Thiago Carleto na trave. Aos 37, enfim, motivos para o torcedor botafoguense festejar. Tomas arriscou de fora da área, a bola bateu na trave, voltou nas costas de Paulo Victor, e acabou no fundo da rede. Festa alvinegra no aniversário do Rio.

Fonte: globoesporte.com