Boxeador mexicano morre aos 26 anos, três dias após levar nocaute

Boxeador mexicano morre aos 26 anos, três dias após levar nocaute

Francisco Leal fica três dias internado em coma, mas não resistiu

O boxeador mexicano Francisco Leal, de 26 anos, faleceu após ficar três dias em coma depois de lutar no último sábado. O atleta da categoria supergalo foi nocauteado por seu compatriota Raul Hirales, chegou a tentar levantar após dois socos de direita no oitavo round, mas acabou desmaiando e foi levado imediatamente para o hospital, desacordado.

Segundo a imprensa internacional, Francisco Leal, também chamado de ""Frankie"", foi transferido de Cabo de San Lucas, cidade mexicana onde aconteceu o evento, para um hospital em San Diego. O atleta ficou três dias em coma, mas acabou não resistindo e faleceu por conta de lesões no cérebro.

O jovem boxeador também era conhecido como o ""Pequeno Soldado"" e tinha 31 combates como profissional, com 20 vitórias, sendo 13 por nocaute. O proprietário da ""Zanfer Promotions"", que organizou o evento de sábado, lamentou a perda e disse que a companhia pretende apoiar a família do atleta.

- Nós sabíamos que Frankie Leal era um bom garoto, grande lutador e guerreiro dentro e fora do ringue. Como companhia, nós assumimos responsabilidade e tentamos salvar sua vida. Agora estamos unidos na dor sentida por sua família e a família do boxe. Vamos tentar ajudar em tudo que for necessário - disse o promotor mexicano Fernando Beltran, ao site da ""Espn"" americana.

Francisco Leal completaria 27 anos neste sexta-feira e estava no boxe profissional desde 2005. Em março de 2012, ele já havia sofrido um nocaute brutal após perder para o russo Evgeny Gradovich.. Na ocasião, ele saiu do ringue de maca.

Fonte: G1