Brasileiros fogem de freguesia: "números são para os jornalistas"

Brasileiros fogem de freguesia: "números são para os jornalistas"

Um dos jogos mais polêmicos ocorreu em 1989

O Chile é apontado como um dos maiores fregueses do Brasil, especialmente em Copas do Mundo. ?La Roja? já encarou os pentacampeões do mundo em três oportunidades, perdendo em casa a semifinal de 1962 (4 a 2) e duas vezes nas oitavas de final ? 1998 (4 a 1) e 2010 (3 a 0). No confronto geral, o Brasil leva uma vantagem ampla. São 48 vitórias para a equipe verde-amarela, 13 etapas e apenas sete derrotas para os chilenos.

Um dos jogos mais polêmicos ocorreu em 1989. Pelas Eliminatórias da Copa de 1990, Brasil e Chile disputaram ponto a ponto a classificação, e os brasileiros chegaram ao jogo final no Maracanã precisando apenas de um empate.

A equipe do técnico Sebastião Lazaroni saiu na frente apenas na segunda etapa com um gol de Careca. No entanto, logo depois, o goleiro chileno Roberto Rojas caiu no gramado após um rojão ser arremessado próximo ao arqueiro.

Com o rosto visivelmente ferido, Rojas e a delegação chilena abandonaram o gramado do Maracanã. No entanto, imagens flagraram que as lesões de Rojas eram falsas ? a Fifa foi severa, suspendeu o Chile de disputar as Eliminatórias de 1994 e expulsou o então goleiro do São Paulo do futebol.

Vinte e cinco anos depois do episódio, pouco se fala sobre aquele fatídico jogo. O técnico Luiz Felipe Scolari foi questionado apenas sobre a freguesia chilena e afirmou que ?números só servem para análise dos jornalistas?.

?Esse time do Chile não jogou em (19) 62. Agora é o time de 2014 e é bem diferente. Os dados são para serem manuseados e analisados, mas não interessa para gente. Os jogos recentes mostram equilíbrio?, disse Felipão.

No ano passado, Brasil e Chile se enfrentaram em duas oportunidades. Em Belo Horizonte, houve empate por 2 a 2 e os brasileiros bateram os rivais por 2 a 1, em Toronto, no Canadá.

?O que eles fizeram para alcançar esse patamar de uma das melhores seleções do mundo foram esses jogadores. Precisamos tomar cuidado, pois é uma equipe habilidosa. Vamos tomar cuidado para não sermos surpreendidos?, completou o capitão Thiago Silva. Brasil e Chile abrem as oitavas de final da Copa 2014, neste sábado, às 13h (de Brasília), no Estádio do Mineirão.

?Este Brasil é diferente do que estamos acostumados de ver. Tentarão aproveitar os espaços e serão mais diretos do que temos visto na história do futebol brasileiro. Tem possivelmente os dois melhores zagueiros (Thiago Silva e David Luiz) do mundo e tem Neymar como jogador diferenciado. Temos que encará-los com uma organização parecida do que fizemos contra a Espanha para superar um dos melhores do planeta?, disse Jorge Sampaoli, técnico do Chile.

Fonte: Terra