Brasil ganha mais 2 medalhas de ouro na natação

Lucas Kanieski bateu recorde nos 1.500 m livre, e Thiago Pereira venceu sua 4ª prova

O Brasil conquistou mais duas medalhas de ouro neste domingo (17), no encerramento da etapa de Cingapura da Copa do Mundo de Natação em piscina curta (25 m), com direito a recorde sul-americano batido pelo jovem Lucas Kanieski, vencedor dos 1.500 m livre.

O outro ouro era mais esperado: Thiago Pereira venceu a prova dos 200 m medley e alcançou sua quarta medalha de ouro, depois de ganhar, no sábado (16), duas provas de medley, sua especialidade, os 100 m e os 400 m, além dos 200 m borboleta.



Neste domingo, Pereira, que hoje é nadador do Corinthians, marcou apenas o sexto tempo nas eliminatórias, mas mostrou sua capacidade na decisão, ganhando a prova com folga: marcou o tempo de 1min53s45, mais de 1s à frente do segundo colocado, o sul-africano Darian Townsend. O canadense Brian Johns fechou o pódio, com a medalha de bronze.

Nos 1.500 m livre, prova que abriu a programação das finais, Lucas anotou o tempo de 14min45s65, superando em quase 3s a marca anterior para a América do Sul, de 14min48s62, que Matheus Ribeiro havia estabelecido no ano passado, em Berlim, na Alemanha.

Nascido em Dourados (MS), Lucas nada pelo Minas Tênis Clube e, com 20 anos, é considerado a grande revelação brasileira em provas de longa distância nos últimos anos. No sábado ele já havia subido ao pódio, com o bronze nos 400 m livre.

O australiano Travis Nederpelt chegou em segundo na prova mais longa das piscinas, mas bem atrás do brasileiro, com o tempo de 15min06s62, e outro australiano fechou o pódio, Shane Asbury, bronze com 15min17s98.

Saldo bem positivo

Os nadadores brasileiros chegaram a outras três finais, mas não obtiveram medalha. O destaque foi André Brasil, campeão paraolímpico que neste começou a disputar provas com atletas sem deficiência, e ficou com o quinto lugar nos 100 m borboleta, prova vencida pelo alemão Steffen Deibler.

Guilherme Guido chegou em quarto nos 50 m costas, que teve ouro para o norte-americano Peter Marshall; e Tatiana Lemos Barbosa foi a quarta nos 100 m livre, com vitória da japonesa Kotuku Ngawati.

Ao todo, o Brasil conquistou em Cingapura seis medalhas de ouro e três de bronze, superando o desempenho de Pequim, no começo da semana, quando obteve quatro ouros, duas pratas e dois bronzes. A próxima etapa será em Tóquio, a partir de quarta-feira (20).

Fonte: R7, www.r7.com