Brasil sofre, mas consegue vencer Coréia do Sul confirmando seu favoritismo

Brasil consegue vencer Coréia do Sul no tie-Break

A Seleção Brasileira masculina de vôlei sofreu, mas confirmou seu favoritismo e superou a Coreia do Sul, neste sábado, em Katowice, na Polônia. Já classificada antecipadamente para à segunda fase do Mundial, a equipe comandada por Bernardinho perdeu seus primeiros sets na competição, mas reagiu e venceu de virada por 3 sets a 2, com parciais de 21/25, 25/13, 25/21, 17/25 e 15/13.


Com a vaga garantida para a próxima fase, Bernardinho entrou com uma equipe mista. Sidão, Murilo e Mario Jr. foram os únicos titulares que começaram jogando. Raphael, Leandro Vissotto, Eder e Lipe, completaram o time. Bruninho, que se recupera de uma lesão na mão, já ficou como opção no banco de reservas, mas não foi utilizado.

Após um primeiro set equilibrado, onde as equipes trocaram pontos até a Coreia fechar em 25/21, a Seleção Brasileira despertou e reagiu na partida. Na segunda parcial, não deu chances ao adversário e, com facilidade, fechou em 25/13. No terceiro set, os coreanos voltaram a dar trabalho, mas no final o Brasil conseguiu manter a superioridade e devolveu o mesmo placar do primeiro set: 25/21. Tranqulia em quadra, os brasileiros deixaram os rivais gostarem da partida e empataram o jogo com 25/17. A equipe de Bernardinho conseguiu cravar a vitória apenas no tie-brake, fechando o jogo com um 15/13.


Com a vitória, a Seleção Brasileira segue invicta no Mundial da Polônia. Com onze pontos ganhos em quatro partidas, a equipe lidera de forma isolada o Grupo B da competição, deixando a Coreia na quinta posição com quatro. A Alemanha é a vice-líder com nove.

Tricampeão do Mundial, o Brasil volta à quadra em Katowice neste domingo, pela quinta e última rodada da primeira fase, para enfrentar Cuba, às 15h25 (de Brasília). O time da América Central tem seis pontos e aparece na terceira colocação do Grupo B.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook


Fonte: Terra