Brasil sofre para vencer Uruguai na busca pelo tetra

brasil,uruguai,tetra,basquete

Tricampeã dos Jogos Pan-Americanos, a Seleção Brasileira masculina de basquete teve estreia complicada nesta quarta-feira, em Guadalajara. A equipe comandada por Rubén Magnano sofreu para vencer o Uruguai por 80 a 71, em partida na qual o time ficou poucas vezes atrás no placar, mas sempre pressionado pelo rival.

O cestinha da partida foi o uruguaio Bruno Fitipaldo, com 16 pontos, além de três assistências. Ele e Reque Newsome, que fez 12 pontos e três rebotes, foram os principais responsáveis por manter a perseguição uruguaia ao Brasil.

Entre os comandados de Magnano, Guilherme Giovannoni foi o de melhor desempenho, com 15 pontos, duas assistências e oito rebotes. Wellington Santos, com 14 pontos, três assistências e três rebotes também foi bem na estreia brasileira.

Em Guadalajara, a Seleção Brasileira defende hegemonia que dura 12 anos e três edições do Pan: foi campeão em Winnipeg (Cadaná, em 1999), Santo Domingo (República Dominicana, em 2003) e Rio de Janeiro (Brasil, em 2007). Apesar disso, não há pressão sobre a equipe, que vem de um resultado de muita expressão: em outubro, na Argentina, garantiu vaga para a Olimpíada de Londres, quebrando jejum de 16 anos.

Os uruguaios deram trabalho ao time comandado por Rubén Magnano desde o princípio do jogo, impedindo que grande vantagem no marcador fosse aberta no placar. A torcida no ginásio permaneceu neutra no primeiro quarto, quando o Brasil fez apenas um ponto a mais: 19 a 18. No segundo quarto, o Brasil foi ligeiramente melhor, abrindo 23 a 18 para ganhar o apoio das arquibancadas.

Apesar disso, a segunda parcial manteve a igualdade entre os times: 17 a 17, para fechar o primeiro tempo com 36 a 35 para o Brasil. No terceiro quarto, o time manteve vantagem mínima durante todo o tempo, mas os uruguaios reascenderam a disputa com 1min10s para o fim do período, empatando por 51 a 51. No fim, nova vantagem do Brasil para abrir 56 a 51.

No último quarto, as duas equipes aceleraram o ritmo, mas a tranquilidade brasileira aumentou um pouco com a diferença de oito pontos colocada no placar. Os uruguaios tentaram encostar com seguidos chutes de três pontos, mas Marcelinho Machado também foi bem em suas tentativas. Por fim, os tricampeões fecharam a partida com 80 a 71.

Canadá vence a Argentina

Na primeira partida do dia, abrindo o Grupo A, o Canadá conseguiu uma vitória heroica sobre a Argentina por 83 a 79 na prorrogação. Os argentinos venciam por 70 a 67 até o fim do quarto período regulamentar, até que Philip Scrubb acertou uma cesta de três a 3s do fim e incendiou a torcida, majoritariamente a favor dos canadenses. Na prorrogação, virada e primeira vitória.


Brasil sofre para vencer Uruguai na busca pelo tetra

Fonte: Terra