Brasileira conquista inédito ouro na Luta Olímpica em Cuba

Gilda superou todas as dificuldades e bateu suas adversárias com propriedade.

No terceiro dia de disputas pelo Torneio Granma e Cerro Pelado de Luta Olímpica, Gilda Maria conquistou uma inédita medalha de ouro na competição. A atleta brasileira, da categoria 72 Kg do estilo Livre Feminino, venceu pela primeira vez na carreira, e ainda deu a primeira medalha de ouro a um atleta brasileiro na tradicional competição.

Em uma categoria bastante disputada, Gilda superou todas as dificuldades e bateu suas adversárias com propriedade, sendo bastante elogiada pelo técnico da Seleção Brasileira de luta olímpica, Algel Aldama. "Gilda lutou muito bem e mereceu a medalha dourada. Destaque para o encostamento na melhor atleta cubana da competição", relatou Aldama.

As demais atletas brasileiras tiveram boas atuações, mas não conseguiram evoluir em suas chaves. O que não chega a ser um problema, de acordo com o presidente da Confederação Brasileira de Luta Olímpica (CBLA), Pedro Gama Filho.

"O time brasileiro segue crescendo, temos hoje um time homogêneo, aonde todos atletas, tem reais condições de buscar um lugar ao sol e lutar por resultado. Esta vitória mostra o poder da Luta feminina brasileira, mesmo em um torneio de tão alto nível e de combates duríssimos para o time todo", avaliou Pedro.

Fonte: Terra