Brasileirão 2010: Ronaldo tem gols anulados, Corinthians empata por 0 a 0 com Guarani e aumenta jejum

Brasileirão 2010: Ronaldo tem gols anulados, Corinthians empata por 0 a 0 com Guarani e aumenta jejum

O resultado deixou a equipe do Parque São Jorge com 50 pontos, quatro atrás do líder Cruzeiro

A volta de Ronaldo ao Corinthians não resultou em gols. O camisa 9 até conseguiu balançar as redes por duas vezes no empate por 0 a 0 contra o Guarani, neste domingo, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, mas os dois lances foram anulados pela arbitragem. Com isso, o time alvinegro completou sua sétima partida sem vitória e pode perder o terceiro lugar na tabela do Campeonato Brasileiro para o Santos.

O resultado deixou a equipe do Parque São Jorge com 50 pontos, quatro atrás do líder Cruzeiro e somente dois à frente dos santistas, que ainda enfrentam o São Paulo em clássico neste domingo. Já o time de Campinas chegou a 35 pontos, ainda próximo da zona do rebaixamento.

O técnico interino Fábio Carille surpreendeu na escalação e no esquema tático, montando o time alvinegro com três zagueiros, Ralf à frente da defesa, uma linha de quatro no meio de campo e Defederico fazendo companhia a Ronaldo no ataque. No Guarani, Vagner Mancini manteve o sistema das últimas partidas, com Barboza alimentando a dupla de frente formada por Reinaldo e Mazola.

A equipe da capital começou a partida mais presente no campo de ataque e chegou logo no primeiro minuto: Elias deu passe para Defederico na área e o argentino bateu para fora. Aos 4min, o primeiro lance polêmico. Roberto Carlos cruzou da esquerda, Ronaldo dividiu com o goleiro Douglas e a bola entrou; porém, o lance foi invalidado por impedimento.

De volta ao time titular do Corinthians, Ronaldo tentava buscar jogo. Aos 5min, ele pedalou para cima de Aílson e tentou a finalização, mas foi travado para escanteio. A resposta bugrina veio aos 11min, quando Fabão cabeceou firme após cobrança de escanteio e Chicão salvou em cima da linha.

Aos 19min, novo gol anulado de Ronaldo: o camisa 9 recebeu passe de Moacir em posição legal e completou de primeira para as redes, mas o lance foi invalidado incorretamente. O atacante seguiu tentando decidir. No minuto seguinte aplicou um drible de letra no marcador e chutou mal de pé esquerdo, para fora.

Talvez pelo sol forte em Campinas, as duas equipes jogavam em ritmo lento e não pressionavam a saída de bola adversária, preferindo esperar no campo de defesa. O Corinthians sofria com a pouca inspiração de Elias e Defederico, que encostavam pouco em Ronaldo.

Já o Guarani tentava jogadas pelos lados, mas parava na marcação adversária. Aos 23min, o time da casa trabalhou a bola e Barboza deu bom passe para Márcio Careca na esquerda; o lateral chutou e a bola foi na rede pelo lado de fora.

Os corintianos ainda ameaçaram mais duas vezes antes do intervalo, mas sem sucesso. Aos 27min, Elias tocou para Paulinho e o volante chutou para boa defesa de Douglas; dois minutos depois, Chicão pegou sobra da zaga campineira e bateu forte. O goleiro espalmou e o camisa 3 alvinegro tentou encobri-lo no rebote, mas errou.

As equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo, e o andamento do jogo não mudou. Aos 2min, Paulinho recebeu com liberdade na intermediária e arriscou para o gol, mas Douglas espalmou. Aos 6min, os anfitriões responderam com troca de passes envolvente na entrada da área, que terminou com um chute perigoso de Barboza para fora.

Com Elias tendo que recuar para auxiliar Ralf e Paulinho na marcação no meio, o Corinthians ficava sem opções de ataque quando roubava a bola. Apenas Ronaldo, bem marcado, ficava na frente, e o time da capital logo devolvia a posse ao Guarani.

As mexidas dos técnicos começaram aos 24min: Roberto Carlos pediu para sair e foi substituído por Danilo; Mancini respondeu colocando o veloz Apodi no lugar de Rodrigo Heffner na direita. Além disso, o inoperante Defederico deu vaga a Iarley.

Ronaldo, que mal tinha tocado na bola no segundo tempo, teve grande chance aos 25min após levantamento de Danilo na área. Porém, frente a frente com o gol, errou a cabeçada e jogou para fora. Três minutos depois, outro lance incrível desperdiçado: novamente Danilo alçou para Ronaldo; o atacante dominou e rolou de lado, deixando Moacir livre na pequena área, mas o ala direito tocou na bola com o pé de apoio na hora de chutar e furou a finalização.

Aos 36min, o Guarani chegou na bola parada: Reinaldo cabeceou com perigo por sobre o travessão após cobrança de falta. No último lance de perigo dos visitantes, Paulinho escapou pela direita e tocou na saída do goleiro, mas a bola bateu no travessão, frustrando a torcida corintiana.

FICHA TÉCNICA

Guarani 0 x 0 Corinthians

Ponto Forte do Guarani

Buscou algumas boas jogadas pelos lados, com Mazola e os laterais

Ponto Forte do Corinthians

Marcou bem à frente da área e quase não foi ameaçado pelo Guarani

Ponto Fraco do Guarani

Não conseguiu se livrar da marcação corintiana e criou pouco

Ponto Fraco do Corinthians

Deixou Ronaldo isolado na frente durante boa parte do jogo, com destaque para a atuação apagadíssima de Defederico

Personagem do jogo

Ronaldo, que mostrou presença de área em sua volta e poderia ter dado a vitória ao Corinthians

Lances polêmicos

Nos dois gols de Ronaldo anulados por impedimento, aos 4min e aos 19min do 1º tempo, o camisa 9 corintiano estava em posição legal

Esquema Tático do Guarani

4-3-1-2

Douglas; Rodrigo Heffner (Apodi), Fabão, Aílson e Márcio Careca; Paulo Roberto, Renan e Preto (Vítor Júnior); Barboza (Mário Lúcio); Reinaldo e Mazola. Técnico: Vagner Mancini

Esquema Tático do Corinthians

3-5-2

Júlio César; Chicão, William e Leandro Castán; Moacir, Ralf, Paulinho, Elias e Roberto Carlos (Danilo); Defederico (Iarley) e Ronaldo. Técnico: Fábio Carille

Cartões amarelos

Guarani: Mazola e Vítor Júnior

Corinthians: Moacir, Elias e Ralf

Árbitro

Sálvio Spinola (SP)

Local

Estádio Brinco de Ouro da Princesa, Campinas (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br