Brasileirão 2012: Fluminense abre dois gols, mas cede empate ao lanterna Figueirense

Brasileirão 2012: Fluminense abre dois gols, mas cede empate ao lanterna Figueirense

Fluminense deixou escapar oportunidade de superar Atlético-MG na liderança do Brasileiro

O Fluminense saiu na frente, abriu 2 a 0, mas cedeu o empate contra o lanterna Figueirense por 2 a 2, neste sábado, no Estádio Orlando Scarpelli, deixando passar a chance de superar o Atlético-MG na liderança do Campeonato Brasileiro. Digão e Rafael Sobis marcaram os gols do time das Laranjeiras, enquanto Aloísio e João Paulo igualaram o marcador para os catarinenses.

Com o empate, o time tricolor foi a 44 pontos, igualando o Atlético-MG, que tem dois jogos a menos e uma vitória a mais (13 a 12) e pode abrir três pontos de vantagem se vencer o Corinthians no domingo, fora de casa. O Figueirense, por sua vez, segue na última posição do Campeonato Brasileiro, com 15 pontos.

No primeiro tempo, o Fluminense teve certo domínio das jogadas, conseguiu mandar uma bola na trave do Goleiro Wilson, em chute de Samuel, aos 28min, mas não houve muita objetividade. O Figueirense, por sua vez, se segurou como pôde e ainda conseguiu levar perigo em uma bola desviada pelo tricolor Jean, que parou no poste de Cavalieri, aos 33min.

Já a segunda etapa teve toda a emoção que faltou na primeira, e o Fluminense conseguiu abrir o placar logo no primeiro minuto. Wagner cobrou escanteio pelo lado direito, a bola foi desviada para a segunda trave e Digão apareceu para cabecear e abrir o placar no Orlando Scarpelli.

Com o gol, o time carioca se empolgou e logo ampliou o marcador. Aos 7min, Rafael Sobis recebeu na meia-lua, invadiu a área com um toque e chutou forte, rasteiro, no canto esquerdo do goleiro Wilson.

Com a vantagem no placar, o técnico Abel Braga promoveu a entrada de Diguinho no lugar do meia Wellington Nem. No entanto, o Figueirense conseguiu descontar em seguida, aos 24min. Aloísio escapou da marcação, recebeu cruzamento de Elsinho na marca do pênalti e acertou um cabeceio preciso, que acertou o pé da trave esquerda de Cavalieri antes de morrer nas redes.

Após marcar, os catarinenses partiram para o ataque e quase empataram aos 35min. O time da casa chegou ao ataque com bastante perigo em uma jogada polêmica, fez o gol, mas teve o tento anulado pela arbitragem. Em bate-rebate na pequena área, Aloísio pegou o rebote e estufou a rede do Fluminense, no entanto, o auxiliar assinalou impedimento duvidoso - o lateral Carlinhos daria condições à jogada.

Com tanta pressão, o Figueirense conseguiu o empate nos instantes finais da partida. Aos 42min, Túlio foi derrubado por Diguinho muito próximo da área. Na cobrança, João Paulo chutou com perfeição, no ângulo esquerdo de Cavalieri.

Para quem acreditava que não haveria mais emoções, nos acréscimos, aos 48min,o Fluminense ainda teve uma ótima chance de gol. O time das Laranjeiras aplicou contra-ataque em velocidade e João Paulo derrubou Matheus Carvalho em posição perigosa. Jean cobrou a falta e acertou o travessão e a trave esquerda de Wilson, mas o placar seguiu com a igualdade.

Fonte: Terra, www.terra.com.br