Briga com Estudiantes faz Inter temer ficar sem goleiros na semifinal

Clube está preocupado com possíveis suspensões a Abbondanzieri e, em especial, a Lauro

Nem tudo é comemoração para o Inter em Buenos Aires. No clube, paira uma preocupação com os goleiros. A diretoria teme que Pato Abbondanzieri e Lauro sejam suspensos por causa da briga ocorrida depois do jogo contra o Estudiantes, nesta quinta-feira, em Quilmes. No caso, eles não poderiam enfrentar o São Paulo nas semifinais da Libertadores.

A maior preocupação é com Lauro, que deu um soco em Desábato, do Estudiantes. Não há imagens que registrem agressões feitas por Abbondanzieri. Ele levou uma cabeçada do zagueiro adversário e trocou alguns empurrões, mas parece não ter batido em ninguém.

O Inter já tem uma informação de que Lauro deve mesmo ser suspenso. O problema é que o outro goleiro inscrito, o jovem Muriel, está em recuperação de lesão no dedo. Por tudo isso, o Inter pode contratar um goleiro para a reta final da Libertadores, dependendo da decisão da Conmebol sobre a briga em Quilmes.

- Se algum dos goleiros for denunciado pelo árbitro, ficaremos sem goleiro, porque o Muriel está machucado ? disse o técnico Jorge Fossati.

Fonte: Globo Esporte