Briga em estádio em São Paulo põe criança na mira de cacetete

Briga em estádio em São Paulo põe criança na mira de cacetete

No clássico contra o Corinthians, pequeno torcedor do São Paulo fica no meio da confusão com a PM e por pouco não é agredido por policial militar

Crianças ficaram no meio da briga generalizada entre torcedores e policiais militares, neste domingo, no Morumbi, durante o clássico entre São Paulo e Corinthians. Protegido por um homem, o pequeno torcedor por pouco não foi atingido por um golpe de cassetete aplicado por um policial. O golpe acertou o homem que o defendia, que vestia uma camisa do Tricolor Paulista.

Outra criança foi retirada no colo por um torcedor enquanto ocorria o confronto entre torcedores e policiais.

A confusão começou no intervalo do jogo, que terminou empatado sem gols, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Duas bombas explodiram entre os tricolores. Segundo a Polícia Militar paulista, a briga começou quando são-paulinos tentaram lançar um explosivo contra os coritianos e acertaram um soldado, que ficou ferido. Ainda segundo a PM, tricolores tentaram invadir o setor destinado aos rivais no Morumbi. Um são-paulino foi preso e vários ficaram feridos, sem gravidade.

A briga pode fazer com que o São Paulo tenha que jogar fora do Morumbi ou seja multado, em valores que variam entre R$ 100 a R$ 100 mil. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), segundo o procurador-geral Paulo Schmitt, deve apresentar denúncias no decorrer desta semana contra o clube.


Briga emestádio em São Paulo põe criança na mira de cacetete

Fonte: G1