Bronze olímpico de Pequim, indiano é acusado de usar droga heroína

Vijender nega o uso de drogas.

O ministério dos esportes da Índia pediu para a agência antidoping do país realizar um teste fora de competição em um pugilista após afirmações da polícia e da imprensa local de que ele usa heroína. Segundo o ministério, a medida incomum é necessária porque, se as especulações sobre Vijender Singh forem verdadeiras, isso "pode ter uma influência debilitante" sobre outros atletas.

Vijender, que ganhou uma medalha de bronze na disputa dos pesos médios dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, nega o uso de drogas. Atletas são normalmente testados para drogas recreativas apenas durante eventos. Fora das competições, os exames são realizados apenas detectar o uso de substâncias que ajudam na melhoria do desempenho.

O boxeador se recusou a autorizar a polícia a submetê-lo a testes para definir se eles está ligado a um lote de heroína no valor de mais de US$ 25 milhões que foi confiscado de uma rede criminosa internacional. A polícia de Punjab disse neste domingo que Vijender é um usuário regular de heroína.

Fonte: R7, www.r7.com