Bruno e Lucas esperam fazer bonito no GP do Brasil

Sem chances de vitória em Interlagos, Senna e Di Grassi querem atuação digna



Bruno Senna e Lucas di Grassi chegam a seu primeiro GP do Brasil ainda zerados na classificação do Mundial de Fórmula 1, acostumados com as últimas posições e com apenas uma expectativa: fazer o melhor possível.

Ambos dizem que a experiência de correr pela primeira vez de F-1 em São Paulo é fascinante, e contam com o apoio da torcida brasileira para superar a limitação dos equipamentos.

Para o sobrinho de Ayrton Senna, tudo será novidade. Ele nunca correu para valer em Interlagos, apenas num teste com um carro de Fórmula Renault e com um carro de rua, tudo isso antes de 2004, quando decidiu de vez investir na carreira de piloto.

- Também ainda na escolinha de pilotagem [risos]. Faz muito tempo, nunca, uma vez de carro de rua e uma vez de Fórmula Renault. Faz tempo, eu nunca competi no Brasil, então vai ser uma coisa especial e uma surpresa grande, com certeza.

Di Grassi já é mais escolado nas curvas do seletivo traçado de Interlagos. Ele correu várias vezes, de kart e com a Fórmula Renault, mas sabe que nada disso se compara à categoria de elite do automobilismo.

- Eu vim assistir a uma corrida, acho que em 2002, eu tinha 17 ou 18 anos, ficava imaginando: ?O que eu mais quero é um dia correr o GP do Brasil?. Certamente vai ser algo que eu nunca mais vou esquecer.

O piloto da Virgin diz que o carro evoluiu bastante desde o começo da temporada, mas sabe que será muito difícil chegar à zona de pontuação.

- Quero fazer o que fiz em outras corridas. Não dá pra fazer nenhuma mágica só por estarmos no Brasil, então o que podemos fazer é tentar terminar a corrida como a melhor das novatas e dar o máximo possível.

Bruno Senna, da Hispania, afirma que é complicado se acostumar ao fim do grid, e promete muita garra dentro da pista.

- Em todas as categorias que eu competi eu sempre tive carros para andar na frente, desde o primeiro ano, de brigar para ir ao pódio, e andar atrás é difícil para mim, mas vamos lá, tentar aquilo que tentamos nas outras corridas, que é ser o melhor entre as equipes novas.

O primeiro contato de ambos com a pista será nos treinos livres, na sexta-feira (5), às 10h. No sábado (6), às 14h, será disputado o treino de classificação, e a corrida será no domingo (7), no mesmo horário.

Fonte: R7, www.r7.com