C. Ronaldo iguala recorde, e Real faz três no Dortmund em casa

C. Ronaldo iguala recorde, e Real faz três no Dortmund em casa

Esse foi o 14º gol do português em oito jogos neste dição do torneio.

O Real Madrid deu um importante passo rumo à semifinal da Liga dos Campeões da Europa. Nesta quarta-feira, com direito a recorde de Cristiano Ronaldo, o time espanhol derrotou o Borussia Dortmund por 3 a 0, no Estádio Santiago Bernabéu, pela ida das quartas de final do torneio.

Cristiano Ronaldo fez um dos gols do duelo e chegou a 14 nesta edição da Liga dos Campeões. Com isso, ele iguala Altafini, popularmente conhecido como Mazzola, Lionel Messi e Van Nistelrooy como maior artilheiro em uma única edição da competição. O galês Gareth Bale e o espanhol Isco fizeram os outros gols do duelo.

Com a vitória, o Real pode perder até por dois gols de diferença no duelo de volta, na Alemanha, no dia 8, que mesmo assim garante a vaga na semifinal. Se fizer um gol, o time madrileno pode até ser derrotado por três de diferença que seguirá na briga pela décima taça da Champions da história.

O duelo entre Real Madrid e Borussia Dortmund é uma reedição da semifinal da temporada passada. Na ocasião, os alam~es levaram a melhor com vitória por 4 a 1 na ida, em casa, e derrota por 2 a 0 na volta, na Espanha. na decisão, todavia, o time amarelo e preto foi superado pelo rival Bayern de Munique e ficou com o vice-campeonato.

Nesta quarta, o Real começou em cima do Dortmund e abriu o placar logo aos 3min. Bale recebeu na grande área e tirou do goleiro Weidenfeller para fazer a festa dos torcedores espanhois no Bernabéu. Ainda no primeiro tempo, aos 27min, Isco aproveitou erro na saída de bola dos visitantes, dominou na meia-lua da área e chutou colocado, no canto direito baixo: 2 a 0.

Apesar do placar, o Borussia não fazia uma partida ruim. No entanto, a pontaria dos atacantes do time alemão deixava a desejar. O goleiro do Real, Iker Casillas, quando acionado, mostrava segurança e evitava o pior para os madrilenos. Pepe era outro que estava muito bem.

No segundo tempo, o Real recuou e se acomodou com a vantagem. Mesmo assim, alcançou o terceiro gol. Aos 12min, Cristiano Ronaldo recebeu a bola de Modric, se livrou de Weidenfeller e tocou para o gol vazio. Esse foi o 14º gol do português em oito jogos neste dição do torneio.

Depois do tento de Ronaldo, o time merengue abdicou do ataque e passou a explorar apenas os contragolpes. O Borussia ganhou terreno, criou algumas chances, mas perdeu todas. Ora pela má pontaria, ora pela presença de Casillas e até pela boa colocação do zagueiro Pepe.

No final, Cristiano Ronaldo sentiu dores musculares e, pensando no futuro, o técnico Carlo Ancelotti o trocou pelo volante brasileiro Casemiro. Em outro duelo desta quarta, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, o Paris Saint-German venceu o Chelsea, de José Mourinho, por 3 a 1, gols de Lavezzi, David Luiz (contra) e Pastore. Hazard descontou para o time londrino.

Fonte: Terra