Cristiano Ronaldo iguala recorde, Real vence e alivia pressão

Cristiano Ronaldo iguala recorde, Real vence e alivia pressão

O triunfo conquistado com três gols de Cristiano Ronaldo ultrapassa Lionel Messi, do Barcelona

Pressionado pelo arquirrival Barcelona na liderança do Campeonato Espanhol, o Real Madrid novamente contou com o poder de decisão de Cristiano Ronaldo para se manter firme na primeira colocação. Nesta quarta-feira, com três gols e uma nova marca extremamente considerável do português, o clube merengue venceu o dérbi contra o Atlético de Madrid por 4 a 1, no Estádio Vicente Calderón, e manteve a distância de quatro pontos em relação aos rivais catalães.

O triunfo conquistado com três gols de Cristiano Ronaldo, ultrapassando Lionel Messi, do Barcelona, na artilharia da competição, com 40 gols (mesma marca do recorde obtido pelo lusitano no ano passado), deixou o Real Madrid com 82 pontos, restando seis rodadas para o término do Espanhol. Já o Atlético, do brasileiro Diego, ex-Santos, permanece com 42 pontos, número que o complica no sonho de uma vaga à Liga dos Campeões da Europa do próximo ano - o Málaga é o quarto colocado, com 50.

Embalado pela vitória no clássico da capital espanhola, o Real volta a campo já neste final de semana. No sábado, às 15h (de Brasília), a equipe comandada por José Mourinho enfrenta o Sporting Gijón, no Estádio Santiago Bernabéu. Por outro lado, o Atlético de Madrid segue na capital e, no domingo, a partir das 16h30, encara o Rayo Vallecano.

A goleada aplicada pelo Barcelona na última terça "obrigou" o Real a vencer o clássico desta quarta para evitar uma pressão ainda maior do rival, que receberá o time merengue no próximo dia 21. A resposta ao adversário catalão ocorreu logo aos 25min, quando Cristiano Ronaldo cobrou falta de longe e marcou um belo gol para diminuir a festa promovida pela torcida do Atlético.

A vantagem adquirida no primeiro tempo tranquilizou o Real. Entretanto, a confortável liderança no marcador durou apenas 10 minutos, instante em que Falcao García aproveitou cruzamento para igualar o marcador e mudar o clássico no Vicente Calderón. O Atlético, com o empate, se animou e buscou pressionar o adversário, que não escondeu o susto pela pressão imposta.

Apesar do melhor ritmo do time da casa, Cristiano Ronaldo surgiu novamente para tirar o Real de uma situação incômoda. Aos 23min, o português disparou um potente chute para anotar o segundo dos visitantes. Aos 38min, depois de pênalti sofrido por Gonzalo Higuaín, o camisa 7 anotou pela terceira vez no jogo. Antes do apito final do duelo, o atleta lusitano ainda deu a assistência para José Callejón anotar o quarto.

Fonte: Terra