Cafu anuncia que vai deixar os gramados

Cafu anuncia que vai deixar os gramados

Aos 40 anos, lateral-direito vai fazer um pronunciamento oficial após a Copa

Capitão da seleção brasileira pentacampeã na Copa de 2002, o lateral-direito Cafu afirmou nesta quinta-feira, que vai pendurar as chuteiras após o Mundial da África do Sul. O ex-jogador do São Paulo, Palmeiras, Milan e Roma deu a declaração após participar de uma entrevista esta manhã com o presidente do comitê organizador da Copa de 2010, Danny Jordan, em Joanesburgo.

- Agora vou parar mesmo. Depois da Copa vou fazer um pronunciamento oficial para toda a imprensa - afirmou Cafu, que além de 2002, participou das edições de 1994, 1998 e 2006 da competição.

O último clube do lateral-direito foi o Milan, onde atuou até maio de 2008. Depois, o jogador voltou ao Brasil, onde chegou a receber propostas de clubes como Santos e Palmeiras, mas não preferindo aceitá-las e, tampouco, anunciar sua aposentadoria.

Cafu, que completou 40 anos no último dia 7 de junho, é o recordista de aparições com a camisa da seleção brasileira: 148 partidas.

Capitão do penta espera jogo difícil contra Holanda

Cafu também falou sobre suas expectativas para o jogo entre Brasil e Holanda, nesta sexta-feira, em Porto Elizabeth, pelas quartas de final da Copa de 2010.

- Vai ser uma partida muito difícil. Mas espero que o Brasil chegue o mais longe possível e possa ser campeão para dar alegria ao povo sul-africano - ressaltou o ex-jogador, que lembrou que os anfitriões do Mundial possuem o mesmo amarelo canarinho na camisa dos Bafana Bafana, seleção já eliminada do torneio.

Sobre a possibilidade de uma final histórica e inédita contra a Argentina, Cafu disse que não é hora de pensar nisso.

Fonte: Globo Esporte