Caio faz a festa e dá vitória ao Botafogo

Com o resultado, o Botafogo voltou à liderança do Grupo B, com 13 pontos, dois à fente do América

Quinta-feira, 25 de março de 2010. O dia em que um santo de casa fez milagre. Alvo de grande expectativa de seus conterrâneos na Cidade do Aço, Caio entrou em campo apenas aos 20 minutos do segundo tempo e, mesmo num time pouco inspirado, garantiu a vitória do Botafogo por 1 a 0 sobre Volta Redonda aos 44 minutos do segundo tempo (assista ao lance no vídeo ao lado), no encerramento da sexta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Com o resultado, o Botafogo voltou à liderança do Grupo B, com 13 pontos, dois à fente do América, segundo colocado. O Volta Redonda, que acumulou a terceira derrota consecutiva, agora é o lanterna da chave, com apenas seis pontos conquistados - foi superado pelo Americano, que chegou a sete com o triunfo sobre o Vasco.

Na próxima segunda-feira, às 19h30m (de Brasília), o Alvinegro enfrenta o Boavista em São Januário. Já o Voltaço volta a jogar em casa, mas no sábado, quando recebe o Friburguense, às 16h.

Logo que a partida começou, o Botafogo percebeu que não precisaria se esforçar muito para chegar com perigo ao ataque. Com intensa movimentação, Loco Abreu e Herrera confundiram a defesa do Volta Redonda, e o Alvinegro criou boas oportunidades nas bolas áreas. Aos cinco minutos, o uruguaio escorou cruzamento, e o argentino chutou à queima-roupa para a defesa de Everton. Aos 11, o camisa 13 teve nova chance pelo alto.

Com o passar do tempo, no entanto, o pouco incômodo sofrido pelo Volta Redonda criou no Botafogo uma sensação de conforto que transformou-se em acomodação. A equipe diminuiu o ritmo e tornou a partida monótona. Alguns jogadores mostravam displicência no último passe, facilitando a vida do time da casa. Apenas no fim da primeira etapa o Alvinegro voltou a chegar com perigo. Após boa tabela entre Lucio Flavio e Somália, Herrera, frente a frente para o gol, chutou para fora.

Caio entra no segundo tempo para garantir vitória. De novo

O segundo tempo teve início sob os gritos de ?Caio? do público, ansioso para ver pela primeira vez com a camisa do Botafogo o xodó que nasceu na Cidade do Aço e foi revelado pelo time da cidade. Enquanto o atacante fazia aquecimento à beira do campo, o Alvinegro parecia mesmo sentir a sua falta. O time mostrava lentidão na saída para o ataque, pouca movimentação e, assim, aceitava a marcação adversária.

Aos 20 minutos, a torcida finalmente vibrou. Não com um gol, mas porque Caio foi chamado por Joel Santana para entrar em campo. Após o tempo técnico, o camisa 9 finalmente ganhou uma oportunidade no lugar de Sandro Silva, e no momento em que o Volta Redonda começava a partir para o ataque. Logo em sua primeira participação, o atacante alvinegro levou perigo ao goleiro Everton.

Pouco inspirado, o Botafogo tinha dificuldades para chegar ao gol adversário. Foi então que Caio fez jus ao apelido de talismã e marcou o gol da vitória aos 44 minutos. Marcelo Cordeiro cruzou pela esquerda, Loco Abreu não alcançou, e a bola sobrou para o xodó balançar a rede, tocando no canto esquerdo de Everton. Na arquibancada, os familiares vibraram exibindo com orgulho a faixa com o dizer "Talismã de Aço".



Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com