Campeão fatura R$ 17 milhões em maratona de 11h de pôquer

Esta foi a final mais longa da história da World Series Of Poker, espécie de Campeonato Mundial de Pôquer

O pôquer é conhecido como um jogo que envolve habilidade, frieza e sorte, mas uma das virtudes mais importantes para os competidores é a paciência. E, por um prêmio de mais de US$ 8,5 milhões (cerca de R$ 17 milhões), os jogadores aguentaram mais de 11 horas seguidas concentrados, apostando, blefando e desistindo de jogadas.


Campeão fatura R$ 17 milhões em maratona de 11h de pôquer

Foi exatamente isso que aconteceu na final do principal evento de pôquer do mundo, que começou na noite desta terça-feira, no Penn & Teller Theater, no Hotel Rio, em Las Vegas, e só chegou ao fim na manhã desta quarta. Esta foi a final mais longa da história da World Series Of Poker, espécie de Campeonato Mundial de Pôquer.

Os nove competidores da mesa final passaram por 8 horas de jogo segunda-feira até a definição dos três finalistas. Jesse Sylvia, Greg Merson e o azarão Jake Balsiger, de apenas 21 anos, então, deram início à grande final um dia depois. E, após mais de 11 horas sem nenhuma eliminação, continuaram jogando. Até conseguirem a vaga na final, os três competidores já haviam ficado na mesa por 71 horas desde o início do evento, que teve 6.598 inscritos.

Logo após a disputa chegar a 11 horas, Balsiger, que tentava se tornar o mais jovem campeão do evento, apostou tudo com uma dama e um 10. Com mais fichas, Merson chamou com rei e dama e antes das cartas abrirem na mesa já tinha mais de 70% de chances de vencer a mão. As cartas foram abertas (6, 6, 6, valete e 5) e não ajudaram Balsiger, que foi eliminado e ficou com US$ 3.799.073. Merson chegou à liderança com 117 milhões em fichas contra 80 milhões de Sylvia e a disputa foi interrompida por alguns minutos.

Ao voltarem à mesa, a disputa não durou muito. Merson, com mais fichas, entrou em um all-in com rei e 5 contra dama e valete de Sylvia. Novamente, as cartas abertas na mesa, que podem ser usadas pelos dois jogadores para formar a melhor mão, não repetiu nenhuma carta que os finalistas tinham. Assim, com o reis como carta mais alta, Merson se tornou campeão e faturou US$ 8.531.853.

Sylvia, vice-campeão, levou valor próximo de US$ 5,3 milhões. A mesa final da modalidade Texas Hold"em, a mais popular do mundo, teve um competidor da Hungria e oito dos Estados Unidos. O eliminado na nona posição ficou com US$ 754.798. O valor da inscrição, tanto para profissionais quanto para amadores, foi de US$ 10 mil.

Fonte: UOL