Campeão mundial ameaça deixar F1 se jogo de equipe for permitido

Campeão mundial ameaça deixar F1 se jogo de equipe for permitido

Button criticou o jogo de equipe praticado pela Ferrari

O atual campeão do Mundial de Pilotos, Jenson Button, anunciou que irá abandonar a Fórmula 1 caso o jogo de equipe continue a ser praticado na modalidade.

Em entrevista a agência de notícias Reuters, o piloto britânico ressaltou que tal artimanha certamente irá encurtar sua carreira no automobilismo.

Jenson também afirmou que as equipes não deveriam interferir nos resultados individuais de seus pilotos, pois o desempenho de ambos deveria ser positivo. O corredor acredita que isso contribuiria para o bom relacionamento interno na escuderia.

Para finalizar, o britânico disse que espera estar na Fórmula 1 no próximo ano e que gosta de pilotar, mas que vai mudar sua visão sobre o esporte se o jogo de equipe for permitido.

O protesto de Button diz respeito à manobra de Felipe Massa e Fernando Alonso, ambos da Ferrari, no GP da Alemanha desta temporada. Na ocasião, o corredor brasileiro teria supostamente desacelerado para ser ultrapassado pelo espanhol companheiro de equipe, que acabou vencendo a prova.

Nesta semana, a FIA multou a Ferrari - escuderia dos envolvidos - em cerca de R$ 170 mil e disse que a regra banindo o jogo de equipe, que existe desde 2002, será revisada pela entidade.

Jenson Button é o atual quarto colocado no Mundial de Pilotos com 147 pontos e correrá no GP de Monza, que será neste domingo, às 9h (de Brasília).

Fonte: Terra, www.terra.com.br