Campeonato Brasileiro: Fluminense sofre virada, perde para o Guarani por 2 a 1 e vê ponta ameaçada

Campeonato Brasileiro: Fluminense sofre virada, perde para o Guarani por 2 a 1 e vê ponta ameaçada

Flu pode perder a liderança do torneio, uma vez que o Corinthians tem uma partida a menos pela competição

Neste domingo, o Fluminense perdeu a oportunidade de garantir sua diferença de quatro pontos em relação ao Corinthians e vencer o simbólico título do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. No Brinco de Ouro da Princesa, porém, a equipe carioca vacilou e tomou a virada do Guarani, sendo derrotada por 2 a 1.

Com isso, o Flu pode perder a liderança do torneio, uma vez que o Corinthians tem uma partida a menos pela competição - o confronto com o Vasco foi adiado devido às comemorações do centenário do clube paulista. A vitória deixa o Guarani com 26 pontos, na oitava colocação.

Esta foi a terceira derrota do time tricolor no campeonato. Os cariocas haviam perdido para Ceará e Corinthians na primeira e na terceira rodada, e desde então não encontraram reveses. Este é o terceiro jogo seguido em que a equipe das Laranjeiras abre vantagem e cede gol ao adversário - contra São Paulo e Palmeiras, ficou em empates.

O Flu não contou com Leandro Euzébio e Belletti, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. No lugar da dupla, André Luis foi escalado, e Valencia fez sua estreia com a camisa tricolor. Além da derrota, o time do técnico Muricy Ramalho perdeu o atacante Emerson, que sentiu lesão na coxa esquerda.

Emerson e Baiano marcam

O jogo começou animado, e Mariano tentou cruzar bola na área do Guarani aos 2min , mas Emerson defendeu. Dois minutos depois, Geovane chutou de fora da área e obrigou Fernando Henrique a espalmar para fora da área. O goleiro do Flu precisou trabalhar novamente aos 9min, em cobrança de falta de Baiano defendida com tranquilidade.

Jogando com calma, o Fluminense abriu o placar aos 11min. Mariano lançou na medida para Washington, que tocou de cabeça e viu Emerson completar para o fundo das redes. Em desvantagem, o Guarani tentou manter a calma, pressionando a saída de bola do adversário.

As melhores tentativas vinham com Mazola, que fez grande jogada individual aos 17min e foi parado com falta pela marcação do Flu. Ailson cobrou a infração, acertando a barreira e, na sequência, Baiano chutou bizarramente em direção às arquibancadas. O jogo ficou truncado no meio de campo, com as equipes criando pouco.

A situação do Fluminense se complicou aos 29min, quando Emerson sentiu lesão muscular na coxa esquerda e precisou ser substituído por Rodriguinho. Três minutos depois, Baiano cobrou falta e acertou à esquerda de Fernando Henrique, para empatar o jogo.

O Guarani cresceu no jogo, buscando a virada com o apoio de sua torcida. O time carioca só voltou a ameaçar aos 38min, em jogada de Conca. O argentino passou para Deco e o luso-brasileiro chutou por cima do travessão. Dois minutos depois, Julio Cesar chutou cruzado e Emerson espalmou dentro da área. Rodriginho chegou no rebote, e Ailson tirou na linha.

Virada em Campinas

No segundo tempo, o Guarani voltou a campo com Ricardo Xavier no ataque, substituindo Rômulo. A alteração deixou o time de Campinas com uma referência na área, que foi pouco aproveitada nos minutos iniciais. A etapa complementar começou com poucas jogadas trabalhadas e muitos erros de passe.

O primeiro lance de perigo saiu aos 15min, em chute de Mazola pela direita que foi defendido por Fernando Henrique. Um minuto depois, Baiano cobrou falta e mandou por cima do travessão adversário. A resposta do Flu saiu aos 20min, quando Washington cabeceou e Emerson fez defesa tranquila.

A melhor chance de virada do Guarani saiu aos 21min. Ricardo Xavier arrancou, passou pela defesa do Flu e ficou cara a cara com Fernando Henrique, e finalizou em cima do goleiro do time carioca. O segundo gol do time de Campinas finalmente saiu aos 31min, em cobrança de falta de Fabão que passou por entre a barreira e enganou Fernando Henrique.

A equipe da casa ficou perto de ampliar aos 34min, em chute cruzado de Márcio Careca que terminou nas mãos do goleiro do Flu. Seis minutos depois, Conca teve excelente chance de empatar após passe de Marquinho, mas chutou por cima do travessão.

As últimas chances do Fluminense saíram na bola parada. Aos 44min, Deco bateu e Aislan afastou o perigo. Aos 47min, Conca cobrou, e Emerson fez boa defesa após desvio.





FICHA TÉCNICA

Guarani 2 x 1 Fluminense

Gols

Guarani: Baiano, aos 34min do 1º tempo, e Fabão, aos 31min do 2º tempo

Fluminense: Emerson, aos 11min do 1º tempo

Ponto Forte do Guarani

Equipe esteve em dia inspirado na bola parada, recurso que gerou os dois gols da equipe de Campinas.

Ponto Forte do Fluminense

Toque de bola no primeiro tempo, por meio do qual saiu o gol de Emerson .

Ponto Fraco do Guarani

Com a bola rolando, a pontaria esteve ausente entre os jogadores do Guarani, especialmente em Baiano.

Ponto Fraco do Fluminense

Time não se encontrou após a saída de Emerson, e não foi capaz de manter sua vantagem.

Personagem do jogo

Fabão: marcou de falta o gol da virada do Guarani.

Esquema Tático do Guarani

4-4-2

Emerson; Rodrigo Heffner, Fabão, Ailson e Márcio Careca; Renan, Paulo Roberto, Baiano (Diogo) e Geovane (Aislan); Mazola e Rômulo (Ricardo Xavier). Técnico: Vágner Mancini

Esquema Tático do Fluminense

4-4-2

Fernando Henrique; Mariano, Gum, André Luis e Julio César; Fernando Bob (Marquinho), Valencia, Deco e Darío Conca; Emerson (Rodriguinho) e Washington. Técnico: Muricy Ramalho

Cartões amarelos

Guarani: Rodrigo Heffner

Fluminense: Valencia e Fernando Bob

Árbitro

Carlos Eugênio Simon (RS)

Local

Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br