Carente, Guarani quer parceria com Adriano; jogador nega negociação

Carente, Guarani quer parceria de redenção com Adriano e pede disciplina: "tem que ter regras"

O presidente do Guarani, Álvaro Negrão, reiterou que sonha em contar com Adriano na disputa do Campeonato Paulista e afirmou que o projeto de reconstrução do clube pode ser um bom atrativo para o atacante.


Carente, Guarani quer parceria com Adriano; jogador nega negociação

O dirigente ressaltou que não existe nenhuma conversa oficial ainda com o atleta. Apenas a ideia de entrar em contato em função da proximidade do novo gerente de futebol do clube, Isaías Tinoco, amigo pessoal do Imperador.

O principal trunfo, segundo o clube campineiro, é mostrar a Adriano que o clube passa por um momento muito parecido com o do jogador: de reconstrução e desafios. E que essa ?parceria? pode ser boa para os dois lados.

?Qualquer um gostaria [de ter Adriano]. Só se eu fosse louco recusaria. Existe essa aproximação do Isaías, mas ele [Adriano] estava viajando. Eles têm amizade uma confiança recíproca. Se ele animar, quem sabe? Seria muito bom isso?, falou Negrão.

?O Guarani está no Campeonato Paulista, que é uma vitrine. Um campeonato curto, de três meses. Ele sabe da nossa força e que estamos em projeto novo e de reconstrução. Já tem o Branco [técnico], o Isaias. Isso tudo pode motivá-lo. O nosso projeto de reconstrução é parecido com o dele. Não vai ser dinheiro que vai motivá-lo agora. Mas sim o projeto da reconstrução do Guarani. Ele seria uma boa em todos os sentidos, tanto no marketing como dentro de campo também?, continuou.

O dirigente, no entanto, disse não se preocupar com as tradicionais indisciplinas do jogador pelos clubes que passou. E afirmou que caso haja um acerto, ele não terá regalias. ?Não, não. Ele terá que entrar no que é proposto aqui para todos os jogadores. O respeito tem que ser dos lados. Tem que ter regras?, alertou.

Álvaro Negrão disse que não chegou sequer a conversar com o técnico da equipe, Branco, sobre a possibilidade de ter o jogador. Fará isso com calma nesta quarta-feira, vide que o primeiro dia de trabalhos do tetracampeão do mundo foi na terça.

Na terça, por meio de sua assessoria de imprensa, Adriano afirmou que há apenas especulações sobre o que se fala de seu futuro."Estamos recebendo milhares de ligações questionando possíveis negociações do atleta com clubes brasileiros. Nada além de especulações. Enviaremos notas sempre que houver novidades", afirmou.

O último clube de Adriano foi o Flamengo. Ele chegou ao clube em agosto de 2012, mas faltou aos treinamentos, não conseguiu recuperar a forma física para entrar em campo e foi dispensado em menos de três meses. No mesmo ano, o jogador passou pelo Corinthians, mas foi demitido por justa causa após faltar a várias sessões de fisioterapia.

Já o Guarani tenta se reerguer depois de ser rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro do ano passado. Além disso, o clube vive há vários anos com dificuldades financeiras e passou por oito rebaixamentos em 11 anos, incluindo Séries A e B do Brasileiro e até do Campeonato Paulista e do Torneio Rio-São Paulo.

Fonte: UOL