Carriço e Rakitic não foram os primeiros jogadores se beijarem; veja mais casos no futebol mundial

Carriço e Rakitic não foram os primeiros jogadores se beijarem; veja mais casos no futebol mundial

Esse, porém, não foi o primeiro caso de um beijo entre dois jogadores

O zagueiro Daniel Carriço e o meia Rakitic, do Sevilla, roubaram a cena na comemoração do título da Liga Europa, conquistada pelo clube na última quarta-feira. Eles se beijaram de forma bem empolgada e viraram notícia nos jornais europeus.

Esse, porém, não foi o primeiro caso de um beijo entre dois jogadores. Em 2005, Steven Gerrard e Xabi Alonso se empolgaram na comemoração do título da Liga dos Campeões, conquistada pelo Liverpool, e também se beijaram.

Na Argentina, o ex-jogador Maradona já beijou dois. Seu ex-companheiro Caniggia, em uma comemoração de gol pelo Boca Juniors, e o amigo Carlos Tevez. Na França, Giroud e Debuchy se beijaram após um gol da seleção sobre a Alemanha em um amistoso disputado em 2012:











Fonte: Extra