Bandeira de Mello elogia Ney Franco: "Passagem bem-sucedida pelo Fla"

Bandeira também tentou explicar a mal conduzida demissão de Jayme de Almeida.


Cartola diz que demiss縊 de Jayme vazou:

Ney Franco dirigiu o Flamengo em 2006 e 2007

A ideia de anunciar Ney Franco ainda nesta terça-feira e apresentá-lo na quarta foi concretizada pelo Flamengo. Em São Paulo, onde participaram de um fórum de gestão, o vice de futebol Wallim Vasconcelos e o presidente Eduardo Bandeira de Mello fecharam os últimos detalhes com o treinador.

Em seu primeiro pronunciamento sobre o assunto, um pouco antes de o clube oficializar a contratação, o mandatário rubro-negro não deu muitas explicações para a troca no comando técnico do time, mas se mostrou otimista com o novo escolhido.

- O Ney Franco é um bom treinador, que vinha de bons trabalhos pelos clubes, teve passagem bem-sucedida pelo Flamengo (2006 e 2007). Não sei, não precisa de muitos motivos para escolher um técnico que teve boas passagens por clubes e seleções de base ? disse o presidente flamenguista.

Bandeira também tentou explicar a mal conduzida demissão de Jayme de Almeida. Na segunda-feira, um dia após a derrota por 2 a 0 para o Fluminense, o treinador foi demitido, mas soube bem antes pela imprensa. Às 10h49 (de Brasília) de segunda, o colunista de "O Globo" Ancelmo Gois deu a notícia e divulgou Ney Franco.

- Ninguém quis desmerecer o treinador que saiu. Nossa intenção era aguardar e expor para ele em reunião, mas infelizmente acabou vazando. É claro que se o Jayme pudesse saber antes por nós era melhor, mas a torcida pode ter certeza que tentamos agir de forma bem intencionada para respeitar nossos profissionais - disse Bandeira.

Também foi demitido na segunda-feira o diretor executivo de futebol Paulo Pelaipe. Os preferidos dos dirigentes para assumir o cargo são Rodrigo Caetano, atualmente no Vasco, e Felipe Ximenes, que teve passagem rápida pelo Fluminense em 2014 e já trabalhou com Ney Franco no Coritiba. O nome só deve ser conhecido durante a pausa do Brasileirão para a Copa do Mundo.

- Sobre o executivo, não temos pressa. Nós queremos voltar da Copa com alguém no cargo, e alguém que supra as necessidades e me deixe com mais liberdade, pois eu estava muito inserido no futebol. O Pelaipe foi contratado para fazer o que fez e foi muito bem, mas agora queremos um profissional com outro perfil ? disse Wallim Vasconcelos.

Ney Franco estreará no comando do Flamengo no domingo, contra o São Paulo, no Maracanã. Será sua segunda passagem pela Gávea. Antes, venceu a Copa do Brasil em 2006, quando assumiu apenas para a final, e o Carioca de 2007.

Fonte: GloboEsporte