Palmeiras deve fazer campanha para arrecadar valor de Wesley

O gerente César Sampaio, que promete doar R$ 5 mil na campanha, ressalta que buscar a ajuda dos torcedores é uma atitude ousada do Verdão


Caso não consiga valor total por Wesley, Verdão estuda outras ações

Durante quase um mês, a diretoria do Palmeiras fez o que pôde, mas não conseguiu arrecadar os 2 milhões de euros (R$ 4,6 milhões) da primeira parcela a ser paga ao Werder Bremen-ALE na compra de Wesley. Agora, a contratação ou não do meia está nas mãos da torcida alviverde. O clube lançou neste domingo uma campanha de doações para comprar os direitos do jogador ? caso atinja a meta até o fim do mês, Wesley será reforço.

O gerente César Sampaio, que promete doar R$ 5 mil na campanha, ressalta que buscar a ajuda dos torcedores é uma atitude ousada do Verdão.

A campanha ficará ativa por apenas 28 dias e precisa atingir arrecadação de R$ 21.377.300,00 até às 23h59m do dia 25 de março, data do clássico contra o Corinthians. O site da promoção (www.wesleynoverdao.com.br) está no ar e os torcedores já fazem doações. Apesar do discurso ensaiado de que ?se a meta não for atingida a contratação não será concretizada?, o Verdão já se previne para que a chegada de Wesley não vá por água abaixo.

O valor total que a diretoria espera arrecadar incluiria todos os gastos da contratação ? valor integral a ser pago ao Werder (6 milhões de euros, ou R$ 13,8 milhões), mais impostos e taxas. Para o clube alemão liberar o jogador, no entanto, eles exigem somente o pagamento da primeira parcela de dois milhões de euros ? o restante seria pago em dois anos. Ao fim da promoção, o Verdão deve analisar o que foi arrecadado e estuda outras formas de fechar o negócio ? pagar só a primeira parcela é uma delas. Sampaio explica o ?crowdfunding?, nome dado a esse tipo de ação com participação da torcida.

? Temos o prazo de 29 dias para depositarmos na contra do Werder. A liberação do jogador só vem com o pagamento da primeira parcela. Teremos alguns termômetros durante essas três primeiras semanas, para sabermos quanto andou e fazermos ações complementares ? firmou.


Caso não consiga valor total por Wesley, Verdão estuda outras ações

Outra alternativa estudada pelo Palmeiras é uma carta de crédito, já conseguida pela diretoria. Wesley treina na Academia de Futebol desde a última semana, e a reação negativa da torcida alviverde caso a negociação não dê certo é mais um indício de que o clube não correria tamanho risco sem prevenção. Wesley treina na Academia de Futebol desde a última semana e tem dado apoio à campanha. Ele será inscrito no Paulistão nesta segunda, mesmo sem a contratação ter sido finalizada.

? Existe essa carta de crédito, mas temos de garantir ela também. Somos ousados, não temos o dinheiro e prometemos que ate o dia 25 vamos conseguir honrar essa primeira parcela. Caso não consigamos com a arrecadação, teremos de fazer ações complementares, de ajuste, para que ele fique conosco ? disse Sampaio.

Fonte: Globo Esporte