CBF dá 'última chance' a dupla Dunga e Gilmar

Dupla se reuniu com cúpula da CBF nesta terça-feira.

O técnico  Dunga está cada vez mais pressionado no comandado da seleção brasileira. Sem resultados convincentes nas Eliminatórias e com focos de insatisfação interna no grupo, o treinador se reuniu com a cúpula da CBF nesta terça-feira e recebeu cobranças pelo trabalho.

Ao lado do coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, Dunga escutou do alto escalão da Confederação que os resultados precisam melhorar. Uma demissão, por enquanto, está descartada. Mas o comando da seleção já sabe que um fracasso na disputa da Copa América Centenário – em junho – não será perdoado e comprometerá o projeto que prevê Dunga e Gilmar à frente do time que disputará a sonhada medalha de ouro olímpica nos Jogos Rio 2016 – em agosto.

Sempre procurando mostrar um ar tranquilo diante das pressões recentes, Dunga se assustou e deixou escapar uma tensão no encontro com os chefes da CBF. Antes da reunião desta terça, tanto ele quanto Gilmar enxergavam que a ameaça ocorria apenas fora da Confederação. Nesta manhã, o cenário mudou.

Cargo de Dunga na Seleção está ameaçado  (Crédito: Reprodução)
Cargo de Dunga na Seleção está ameaçado (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol