Ceará bate Barueri e abre distância para zona de risco

Vitória faz Ceará abrir seis pontos de vantagem para a zona de rebaixamento

Pressionado pela série negativa nos últimos sete jogos, quando conquistou apenas uma vitória, o Ceará encontrou o adversário ideal na noite desta sexta-feira no Estádio Presidente Vargas. Contra o lanterna Grêmio Barueri, a equipe não teve dificuldades para ganhar por 2 a 0, com gols de Itamar e Mota, em duelo válido pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, em Fortaleza.


Ceará bate Barueri e abre distância para zona de rebaixamento

O resultado em casa faz o time cearense abrir uma distância confortável da zona de rebaixamento. A equipe comandada pelo técnico PC Gusmão ocupa a 12ª colocação com 21 pontos, seis a frente do Bragantino, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O próximo duelo do Ceará pela competição será na rodada cheia, que acontece na terça-feira, contra o CRB, às 19h30 (de Brasília), no Rei Pelé.

Com o revés no Nordeste, o Barueri confirma a volta à última colocação da Série B, pois o Ipatinga deixou a lanterna com a vitória sobre o Bragantino na última terça-feira. O time da Grande São Paulo soma apenas sete pontos. Para quebrar a sequência de seis jogos sem vitória, a equipe terá pela frente o Goiás - atual terceiro colocado - na Arena Barueri, às 21h50 (de Brasília).

A equipe paulista chegou a surpreender pela postura agressiva, mas o Ceará demorou 18min para abrir o marcador no Presidente Vargas. A defesa bobeou e Itamar aproveitou para roubar a bola, passar com facilidade entre os adversários e finalizar na saída do goleiro Fernando Leal para colocar os donos da casa em vantagem.

A situação ficou ainda mais facilitada com a expulsão de Anderson Carvalho, aos 23min. O atacante dividiu com o zagueiro Thiego e o assistente chamou o árbitro para apontar agressão do atleta do Barueri, que recebeu cartão vermelho. A equipe ainda atacou, mas demonstrou porque tem o pior ataque da Série B com apenas dez gols marcados.

O Ceará soube aproveitar o jogador a mais na etapa final e chegou ao segundo gol aos 7min. João Marcos achou Itamar livre na entrada da área. O atacante dominou e avançou pela esquerda para cruzar para o meio. Mota completou de peito para o fundo das redes e colocou números finais o marcador. A equipe ainda marcou duas vezes, mas o trio de arbitragem anulou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br