Ceará empata com o Paraná no Castelão

Com o resultado, o Ceará segue em oitavo lugar, só que agora com 34 pontos

O sonho de chegar ao G4 parece que rodada a rodada vai ficando cada vez mais distante para o time do Cear?. Ontem, mesmo sendo prejudicada pela arbitragem em um p?nalti claro n?o marcado no meio-campista Cleisson, a equipe alvinegra n?o passou de um empate por 1 a 1 com at? ent?o vice-lanterna Paran?, no Castel?o, e acabou perdendo dois preciosos pontos na sua t?o almejada busca pelo acesso.

?Faltou fazer o gol. Apertamos a marca??o, criamos oportunidades, por?m, mais uma vez, n?o conseguimos marcar o gol, que nos desse a vit?ria?, lamentou o t?cnico Lula Pereira, ao final da partida.

Rival desce

Com o resultado, o Cear? segue em oitavo lugar, s? que agora com 34 pontos. Melhor para os paranaenses, que, com o pontinho somado, foram a 24, saindo da zona de rebaixamento e empurrando o Fortaleza para a 17? coloca??o, por?m com uma partida ainda para cumprir.

?Eu n?o sei o que est? acontecendo. N?s lutamos, criamos chances, mas a bola n?o entra. Fico triste com esse resultado, porque queria ver o torcedor saindo do est?dio cantando e comemorando a vit?ria. Mas daqui pra frente, vamos ter de entrar com mais determina??o?, declarou o atacante Ciel, que n?o quis comentar sobre sua transfer?ncia para o Fluminense, mas ? bem prov?vel que ontem tenha realizado seu ?ltimo jogo pelo Voz?o.

No primeiro tempo, o Cear? pouco criou e viu o Paran? dominar o jogo nos minutos iniciais. S? que, aos 21min, em um belo cruzamento de Deleu, L?cio dividiu a bola com W?gner e a bola foi morrer no fundo das redes: 1 a 0.

Os visitantes, jogando melhor, foram para cima, e n?o demoraram muito para empatarem. Escanteio da esquerda, Pituca se meteu entre Adilson e Alex Br?z, a bola bateu no defensor alvinegro e entrou.

Na etapa complementar, o Cear? veio com tudo para conquistar a vit?ria, e assustava o goleiro advers?rio em chutes de longa dist?ncia. Aos 29min, o ?rbitro deixou de marcar um p?nalti claro em Cleisson, que foi derrubado pelo zagueiro.

As melhores chances do Alvinegro aconteceram com Ciel. Na primeira, em chute de fora da ?rea, a bola passou rente ? trave. Na segunda, aos 41, o camisa 11 do Vov? tocou de cabe?a e o goleiro Mauro, j? batido no lance, ficou s? na torcida.

Agora, o Cear? s? volta a campo na pr?xima ter?a-feira, quando vai a Natal enfrentar o Am?rica/RN, no Machad?o.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br