Ceará fica no 0 a 0 com o lanterna Atlético-GO

A última vitória da equipe de Fortaleza ocorreu em 6 de junho, no Mineirão

O Ceará não sabe o que é vencer desde a Copa do Mundo. O time do técnico Estevam Soares ficou no 0 a 0 com o Atlético-GO neste domingo, no Castelão, e ampliou seu jejum de triunfos no Campeonato Brasileiro. A última vitória da equipe de Fortaleza ocorreu em 6 de junho, no Mineirão, um 1 a 0 sobre o Atlético-MG.

Já o Atlético-GO, que estreou o técnico René Simões, chegou a quatro jogos sem vencer, e segue na lanterna do torneio, com nove pontos. O Ceará acumula 21 pontos na terceira colocação da tabela.

A partida começou movimentada, e, aos 4min, Washington completou para o fundo das redes após saída estranha de Márcio. O árbitro, porém, viu falta do atacante do Ceará no lance, e anulou o gol. Pouco depois, o goleiro do Atlético-GO se recuperou e fez boa defesa em chute de Misael.

O jogo ficou truncado, e o time da casa enfrentava dificuldades para sair de seu campo de defesa. O Atlético-GO teve boa chance de marcar aos 21min, com Rodrigo Tiuí, que girou sobre a marcação e chutou por cima do gol. O Ceará teve boa chance de abrir o placar aos 30min, quando Tony alçou bola na área e Pituca quase fez contra.

Nos minutos finais, o time da casa passou a apertar os visitantes em busca do gol, mas Márcio interrompia o objetivo do Ceará. Aos 41min, Careca cabeceou em cobrança de escanteio e o goleiro do Atlético-GO fez grande defesa. No minuto seguinte, Washington completou após cruzamento de Oziel, e o arqueiro defendeu novamente.

O Ceará voltou bem do intervalo e aplicou uma "blitz" no Atlético-GO. Ernandes e Heleno tentaram de longe, mas falharam na pontaria. Aos 7min, Oziel chutou cruzado de dentro da área, e a bola passou perigosamente à direita do gol de Márcio.

A equipe da casa seguiu apertando, mas a defesa do Atlético-GO afastava o perigo sem grandes problemas. Aos 23min, Washington recebeu bola pela esquerda e chutou na rede pelo lado de fora. Dez minutos depois, Márcio afastou o perigo após cobrança de falta.

A primeira boa chance criada pelo visitante de Goiás durante todo o jogo só foi surgir aos 37min da etapa final. Pedro Paulo foi lançado na direita e bateu cruzado, com força, mas Douglas fez a defesa em dois tempos. Elias também assustou em cobrança de falta, mas Douglas desviou no ângulo direito para evitar o tento. Apesar dos cinco minutos de acréscimos, faltou força ao Ceará diante do Atlético-GO.

Fonte: Terra, www.terra.com.br