Rogério Ceni dicute com repórter e nega briga com atacante Luis Fabiano

Rogério Ceni dicute com repórter e nega briga com atacante Luis Fabiano

Questionado se não conversava mais com o atacante, o capitão são-paulino discutiu com o repórter Alexandre Praetzel, da rádio Bandeirantes.

Após a derrota para o Corinthians por 2 a 0 na final da Recopa Sul-Americana, Rogério Ceni veio a público negar que tenha qualquer tipo de conflito com Luis Fabiano, como foi noticiado na tarde de quarta-feira. Questionado se não conversava mais com o atacante, o capitão são-paulino discutiu com o repórter Alexandre Praetzel, da rádio Bandeirantes, e afirmou que o camisa 9 é um de seus grandes amigos no futebol.

?Ele (Praetzel) é que tem que responder. Me parece que foi você quem deu a notícia, né? Então é você quem deve responder. O Luis é um dos caras que mais gosto no futebol?, questionou Ceni enquanto conversava com jornalistas na saída do Pacaembu e avistou o repórter da Band.

Em seguida, Praetzel rebateu, disse que respeita o goleiro do São Paulo e afirmou que não inventou a notícia de que Ceni e Luis Fabiano não se falavam mais. No entanto, o capitão tricolor voltou a questionar.

?Por que não houve invenção??, disse o camisa 01 sem obter mais nenhuma resposta. ?Conversamos todos os dias na concentração até meia-noite. Mas como não se paga nada pelo que se fala, cada um pode inventar o que quer. Tem que conversar com quem deu a notícia. É um dos grandes amigos que tenho no futebol. Assim como o França foi, Lugano e tantos outros. Converso com o Luis sobre os mais variados assuntos. Tem que perguntar para o rapaz de vocês (imprensa).?

Outro envolvido na polêmica, Luis Fabiano também desmentiu qualquer problema com o capitão são-paulino e afirmou que as notícias sobre o conflito foram plantadas para aproveitar o mau momento vivido pelo clube.

?Está difícil pelas derrotas, mas temos um grupo muito amigo. Não sei de onde começou a surgir isso. Tenho muita amizade com Rogério, é um dos caras que eu mais converso. Querem plantar coisa. É tentar reverter tudo isso, não adianta se esconder. Temos que dar a cara para bater. O grupo hoje não pensa em lutar contra rebaixamento, mas precisamos reagir porque o São Paulo é um time grande e não merece estar onde estar?, afirmou o atacante.

O treinador Paulo Autuori também foi categórico ao negar que haja qualquer conflito entre os atletas. "Eu posso garantir a vocês [jornalistas] que não existe nada disso. É que o momento ruim que vivemos é propício para esse tipo de coisa surgir", declarou, sem querer se estender mais no assunto.

A informação de que Rogério Ceni brigou com Luis Fabiano foi divulgada na quarta-feira no programa ?Jogo Aberto?, da Band. Praetzel afirmou que o goleiro estaria insatisfeito com o aumento recebido pelo atacante para permanecer no clube paulista, durante a pausa para a Copa das Confederações.

Fonte: UOL