Ceni pega pênalti e Flu fica no 2 a 2 com o São Paulo

Ceni pega pênalti e Flu fica no 2 a 2 com o São Paulo

Mesmo saindo atrás, o São Paulo foi melhor no primeiro tempo e foi para o intervalo em vantagem.

Com ótima atuação de Rogério Ceni, o São Paulo suportou a pressão do líder Fluminense neste domingo, no Maracanã, e saiu de campo com um empate por 2 a 2. Além de ter aberto o placar para o time paulista - Fernandão marcou o outro gol - o goleiro defendeu um pênalti de Washington no segundo tempo, que daria a virada para os donos da casa. Pelo lado carioca, Deco e Leandro Euzébio balançaram as redes.

Mesmo saindo atrás, o São Paulo foi melhor no primeiro tempo e foi para o intervalo em vantagem. Na segunda etapa, porém, o Fluminense avançou o posicionamento e sufocou o adversário, mas parou em Ceni.

Com o resultado, a equipe das Laranjeiras chegou a 37 pontos, ainda isolado na ponta do Campeonato Brasileiro. A vantagem para o Corinthians, porém, caiu de cinco para três pontos com o triunfo do time alvinegro sobre o Vitória. Já o São Paulo, com 19 pontos, ainda está na parte de baixo da tabela.

Com Emerson suspenso, o técnico Muricy Ramalho optou por escalar Belletti no meio de campo e deixar Washington isolado no ataque do time carioca, apoiado pelas chegadas de Deco e Conca. A tática não pareceu dar certo nos primeiros minutos e o São Paulo assustou aos 7min, em cobrança de falta de Rogério Ceni que Fernando Henrique espalmou de mão trocada.

No minuto seguinte, porém, o Fluminense chegou ao gol. Após boa jogada de Conca pela esquerda, o argentino acionou Júlio César e o lateral tocou rasteiro para o meio da área, onde Deco apareceu sozinho para completar para as redes. Foi o primeiro gol do camisa 20 com a camisa tricolor.

O time da casa diminuiu o ritmo depois de abrir o placar e teve dificuldades para manter a bola no campo de ataque. O São Paulo aproveitou para crescer na partida. Aos 15min, Jean bateu da entrada da área e Fernando Henrique espalmou para o lado; com 23min, foi a vez de Júnior César limpar a marcação e chutar perto do ângulo direito, para fora.

Apostando na velocidade de Marcelinho e Fernandinho pelas pontas, os paulistas tiveram seu domínio recompensado com uma "virada-relâmpago". Aos 34min, Rogério Ceni bateu falta no canto de Fernando Henrique e enganou o camisa 1 do Fluminense, empatando o jogo. No minuto seguinte, Richarlyson levantou da esquerda, o goleiro do time carioca saiu muito mal e Fernandão escorou de cabeça para o fundo do gol.

Muricy resolveu mexer no time no intervalo, sacando o vaiado Belletti para colocar Rodriguinho ao lado de Washington na frente. A melhora do Fluminense foi visível, e com 30 segundos Rodriguinho já teve sua primeira chance: ele pegou sobra na área, puxou para o pé esquerdo e bateu rasteiro, exigindo grande defesa de Rogério Ceni.

A equipe da casa logo passou a pressionar o time do Morumbi. Aos 6min, Conca desviou de cabeça dentro da área e a bola passou a centímetros da trave. Três minutos depois, em lance parecido, Rodriguinho aproveitou cruzamento de Mariano e também cabeceou para fora.

O empate saiu aos 14min. Conca levantou a bola na área em cobrança de falta e o zagueiro Leandro Euzébio subiu bem de cabeça para desviar e deixar tudo igual no placar. Acuado na defesa, o São Paulo quase entregou a virada aos 21min: Rogério Ceni errou passe na saída de bola e deixou de presente para Rodriguinho, mas o chute do atacante foi péssimo e não levou perigo.

A grande chance para os cariocas veio aos 25min. Em disputa com Deco na área, Richarlyson tocou a bola com a mão, aparentemente de forma acidental, mas o árbitro Leandro Vuaden marcou pênalti. Washington foi para a cobrança diante de seu ex-clube, mas Rogério Ceni caiu bem para a esquerda e defendeu a batida do centroavante.

O goleiro são-paulino se destacou de novo aos 27min, espalmando para escanteio um chute perigoso de Deco de dentro da área. A primeira defesa de Fernando Henrique no segundo tempo aconteceu só aos 34min, em tentativa de longa distância de Richarlyson, no meio do gol.

Marcelinho teve a última chance de colocar o São Paulo na frente aos 41min, após cruzamento da esquerda, mas desviou para fora, frente a frente com o gol.

FICHA TÉCNICA

Fluminense 2 x 2 São Paulo

Gols

Fluminense: Deco, aos 8min do 1º tempo, e Leandro Euzébio, aos 14min do 2º tempo

São Paulo: Rogério Ceni, aos 34min, e Fernandão, aos 35min do 1º tempo

Ponto Forte do Fluminense

Melhorou com a entrada de Rodriguinho e pressionou o São Paulo no segundo tempo

Ponto Forte do São Paulo

Tomou conta do meio de campo na primeira etapa

Ponto Fraco do Fluminense

Deixou Washington isolado em boa parte do jogo e se acomodou após abrir o placar

Ponto Fraco do São Paulo

Ficou sufocado no campo de defesa na segunda etapa, quando o Fluminense adiantou seu posicionamento

Personagem do jogo

Rogério Ceni, grande responsável pelo empate com belas defesas - incluindo a do pênalti de Washington

Lances polêmicos

- Richarlyson não pareceu ter tido a intenção de tocar a bola com a mão no lance em que foi marcado pênalti a favor do Fluminense, aos 25min do segundo tempo

- Marlos acertou Leandro Euzébio sem bola aos 29min do segundo tempo, em lance passível de expulsão, mas não levou nem amarelo

Esquema Tático do Fluminense

4-5-1

Fernando Henrique; Mariano, André Luís, Leandro Euzébio e Júlio César; Diogo, Fernando Bob, Belletti (Rodriguinho), Deco e Conca; Washington. Técnico: Muricy Ramalho

Esquema Tático do São Paulo

4-3-3

Rogério Ceni; Renato Silva (Jorge Wagner), Xandão, Miranda e Júnior César; Jean, Rodrigo Souto e Richarlyson; Marcelinho, Fernandão (Cléber Santana) e Fernandinho (Marlos). Técnico: Sérgio Baresi

Cartões amarelos

Fluminense: Mariano

São Paulo: Marcelinho e Richarlyson

Árbitro

Leandro Vuaden (Fifa/RS)

Local

Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra, www.terra.com.br